Procria

04/09/2013 17:20:20




Grano Entero: Uma dieta para confinamentos sem alimentos volumosos


O uso da tecnologia de dietas sem volumoso, baseada na utilização do grão de milho íntegro (sem triturar), é mais uma opção de dietas no confinamento para nutrição animal. Isto está chegando para a região. É a Procria mais uma vez trazendo as mais recentes novidades!O conceito desse tipo de dieta já tem uma história relativamente antiga, tendo sido pesquisada e utilizada nos Estados Unidos, na década de 1970.


Naquela época, o conceito era um pouco diferente do de hoje: o uso de aditivos era restrito e associado ao perfil de acabamento requisitado pelo mercado estadunidense.


Isso levou ao desuso do conceito, e os nutricionistas focaram na ideia de milho floculado.
No Brasil, começou-se a trabalhar com o conceito em 2005, quando a Nutron, mais uma vez, inovou em tecnologias utilizadas para terminação de animais em confinamento. Aqui o desafio parece ser maior, com animais mais pesados, erados, não castrados e de origem zebuína, principalmente o nelore e seus cruzamentos.


A Nutron, observando as características dos animais brasileiros e das estruturas utilizadas para o confinamento, aliadas à capacidade de produção de milho, elaborou o produto concentrado proteico, mineral, vitamínico e com aditivos mais completo para ser ofertado aos animais confinados, utilizando o conceito de nutrição animal com grão de milho inteiro e sem o uso de volumoso. De 2005 até hoje, desde a elabograno de nosso primeiro produto (como a ração grano entero) até os produtos atuais, houve evoluções constantes, buscando aliar desempenho com segurança nutricional e viabilidade econômica.


A dieta se caracteriza pela grande praticidade em fornecer aos animais confinados somente dois ingredientes: o milho e o pellet concentrado proteico, vitamínico e mineral ajustado ao desafio desse tipo de dieta.


Vem daí o nome da ração “granoentero”, uma ligação com o nome utilizado na Argentina.


Saiba mais sobre esta novidade na Procria, uma empresa que está há mais de 20 anos no mercado e com cinco unidades de vendas na região (Caiapônia, Piranhas, Jussara, São Luís de Montes Belos e Iporá).


Use para seu rebanho.

O que achou dessa Notícia?
11 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.