MP denunciou esquema organizado por ex-vereador

02/06/2019

O Ministério Público de Goiás ofereceu denúncia contra o vereador de Firminópolis Enoc David Tavares; a irmã dele, Cleirimar David Tavares de Souza; e seus cunhados Valdivino Pereira de Souza e Danny Bruno Toledo dos Santos pelos crimes de lavagem de bens e organização criminosa.


O promotor de Justiça Ricardo Lemos Guerra, autor da denúncia, explica que, durante o exercício da função de vereador, entre 2012 e 2017, Enoc ocultou a propriedade de bens provenientes de infração penal, registrando-os em nome do casal Cleirimar e Valdivino, seus parentes, e também do outro cunhado, Danny Bruno.


Entre os bens, estão imóveis situados na GO-164, veículos e valores apropriados do Sindicato Rural de Firminópolis, quando Enoc era presidente da entidade. Apesar de ter colocado esses bens em nome de terceiros para camuflar a origem do dinheiro proveniente das atividades ilegais, Enoc sempre manteve a posse dos bens, inclusive tratando pessoalmente de negociações que os envolvessem.


Em relação aos veículos, embora registrados em nome de terceiros, quatro estão na posse do ex-parlamentar, comprados com o fim específico de lavar o dinheiro público proveniente dos desvios e da apropriação de recursos financeiros pertencentes à entidade de classe dirigida por Enoc. Na denúncia, além de detalhar o funcionamento do esquema, o promotor ressaltou que, em relação à conduta do ex-presidente do sindicato, ou seja, a prática de peculato, ele também já foi denunciado criminalmente. (Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO - Foto: banco de imagens)

O que achou dessa Notícia?
1 voto
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!