São quatro nomes de pré-candidatos a prefeito da cidade

27/01/2016

Dos quatro pré-candidatos a prefeito da cidade de Fazenda Nova, três são nomes novos. Mas, por enquanto, pelo menos, é o nome do veterano é que é mais lembrado.


Afrânio Ferreira Filho, com o cacife de ter sido prefeito da cidade duas vezes, como líder de um partido que tem eleitores cativos e por ter fresca na memória do povo a disputa da última eleição, é o nome mais lembrado. No último pleito, disputou de igual prá igual com a máquina administrativa do prefeito reeleito, Daniel Mariano. Afrânio é o nome do PMDB. A reportagem não conseguiu falar com ele.


Ouvimos os três nomes novos que se apresentam ao eleitorado. Marcus Vinicius, do PSDB, não é exatamente novo porque é o atual vice-prefeito. Mas nunca administrou a cidade e pode ser considerado como alternativa que o desencantado povo de Fazenda Nova ainda não experimentou. Para a reportagem do Oeste Goiano disse que espera, para sua pré-candidatura, o apoio do Prefeito Daniel, que, segundo ele, já manifestou isso diversas vezes, uma vez que faz parte da administração e está sempre junto, na busca das obras e benefícios que chegam à cidade. Marcus Vinicius afirma que está em conversas bem adiantas também quanto ao candidato a vice prefeito, com respaldo de todos que compõem o grupo político. Marcus afirma que faz parte de um grupo muito coeso desde a eleição passada, e que sempre colocou seu nome à disposição deste grupo, a fim que possa dar continuidade no progresso de Fazenda Nova. Afirma ser um grupo onde não se tem vaidade, intrigas e que existem entre todos boas conversas para se ter um candidato a altura de disputar e ganhar a eleição de 2016. Afirma ter vários pré-candidatos a vereadores já definidos e outros que buscam a reeleição, tanto em Fazenda Nova quanto nos Distritos de Bacilandia, Serra Dourada e Três Marcos. Afirma que está sempre conversando com todos os partidos da cidade e as conversas entre todos são marcadas pela busca de inovações e interligando pessoas que não possuem demandas judiciais, ou seja, não são fichas sujas. Por fim, para a reportagem, Marcus Vinicius, listou uma série de ações administrativas que disse ter contribuído para serem implementadas na cidade.


Com aura mais nova do que Marcus Vinicius a cidade tem o empresário Eduardo Moura (Dudu). Nunca teve mandato. Certamente não tem a mesma experiência do atual vice-prefeito. Mas é dos mais motivados para o embate desse ano. É o pré-candidato do PSDB, um partido que também faz parte do grupo que ajudou a reeleger o prefeito Daniel Mariano. À reportagem do OG ele mostrou entusiasmo sobre as articulações político-eleitorais que está fazendo. É do grupo do prefeito, mas fala também em ser uma terceira via. Afirma ter também um controle político sobre o PHS. É filho de ex-vereador e de ex-secretário da saúde do município. Tem familiares com vínculos peemedebistas e imagina que isso contribui com seu projeto político. Afirma que já adiantou uma conversa com o líder político Evaldo Moreira de Andrade, da Bacilância, para que seja seu vice-prefeito. Evaldo é respeitado como político que já acumulou mandatos de vereador e vice-prefeito. No plano externo, tem um apoio de Magda Moffato, deputada federal de seu partido, o PR. Mas o que reforça mais o nome de Eduardo Moura é seu perfil de empresário. É tido como de homem de boas iniciativas. Tem atuado como investidor em condomínios residenciais para recreação e habitação. Tem atuação como desportista e ambientalista. Eduardo Moura acredita que se alguém encomendar uma pesquisa de opinião pública, vai descobrir que está em segundo lugar na preferência, buscando, para o futuro, posição ainda mais destacada.


O quarto pré-candidato a prefeito de Fazenda Nova é Alex Martins de Freitas. Apresenta-se para a comunidade como idealista. Aceitou o desafio de ser da Rede, partido ambientalista, deixando o PP. Afirma que quer praticar política como proposta do novo de verdade, sem enganação. Alex afirma não abrir mão de princípios. Tem uma extensão de apoio partidário no PRB, PRTB e PEM. Ele foi o vereador mais votado em 2012, com 512 votos, recorde histórico no município. É respeitado por aqueles que não fazem o jogo do poder a qualquer custo. Tem uma estreita relação com a zona rural do município de Fazenda Nova, já que é funcionário do Sindicato Rural e mobilizador do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), aquele que organiza cursos para os homens e mulheres do campo. À reportagem do OG, ele disse que seu nome está posto como alternativa. Sobre si, afirma: “não tenho vícios políticos e estou sendo motivado ao desafio de pré-candidatura, já que mostramos força na eleição de 2014 (deputado federal e estadual) e onze pré-candidatos a vereadores para 2016 nos dá uma base de grupo para esse embate”.

O que achou dessa Notícia?
1 voto
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!