Solicitada criação de cargo na Comarca

06/04/2019

Tramita na Assembleia Legislativo pedido para que na Comarca de Sâo Luís de Montes Belos tenha um novo cargo: Secretário de Diretoria de Foro de Comarca de Entrância Intermediária. Além de São Luís, pede-se que o cargo exista em Senador Canedo e Pires do Rio.


O presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Gilberto Marques Filho, enviou para a Assembleia Legislativa o Projeto de Lei n° 4816/18 que tem por objetivo adequar a estrutura organizacional do Poder Judiciário.


Segundo ele a proposta modifica e adequa a estrutura do Poder Judiciário sem elevar custos ao Estado, e é justificada pela necessidade de consolidação dos anexos das Leis Estaduais n° 17.663/2012 e n° 20.254/2018.


Em resumo, as adequações são feitas substituindo alguns cargos em detrimento de outros. Um dos casos é que pelo acréscimo de seis cargos de desembargador extinguem-se cinco cargos de Juiz Substituto de segundo grau e de seus respectivos cargos de assessoramento a eles vinculados — cinco cargos de Assistente Executivo de Juiz Substituto em Segundo Grau.


Além disso, a matéria também consolida o quantitativo de comarcas no Estado que passam a ser 131. Também pedem a extinção de 76 cargos efetivos de Analista I Judiciário - Área Judiciária; 36 cargos Analista Judiciário - Área Judiciária Oficial de Justiça; 94 cargos de Analista Judiciário - Área Especializada e 115 cargos de Analista Judiciário - Área Apoio Judiciário e Administrativo.


Também pede a criação de três cargos em comissão de e Secretário de Diretoria de Foro de Comarca de Entrância Intermediária para as Comarcas de Senador Canedo, Pires do Rio e São Luís de Montes Belos, em virtude da elevação dessas comarcas à entrância intermediária.
Gilberto Marques enfatizou que as modificações expostas na matéria não trazem elevação de gastos. “Diante do exposto, observa-se que a modificação ora proposta visa, tão somente, adequar a estrutura do Poder Judiciário do Estado de Goiás sem elevar custos, considerando que a criação de três cargos em comissão, prevista neste projeto de lei, é totalmente suportada pela extinção de outros cargos.”

O que achou dessa Notícia?
0 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!