COMBATE AO VÍRUS: Novo Decreto arrocha mais nas atividades comerciais em Iporá

05/03/2021
pandemia-e-atividades-economicas05032021.jpg

Templos religiosos continuam fechados e atividades essenciais como supermercados, agora, funcionarão só com 30% de sua capacidade. E mais: as feiras livres de produtos hortifrutigranjeiros estão proibidas.


O novo Decreto é o de número 231, editado neste 5 de março. Para o comércio em geral tem validade a partir de segunda-feira, 8 de março. Mas para a área religiosa já tem validade a partir deste sábado, 6. O novo Decreto vigora até dia 15 de março. 


Academias de ginástica, esportes ao ar livre, esportes coletivos, incluindo grupos de ciclistas, agora estão proibidos. 


A partir deste sábado de manhã, 6 horas, restringe-se a comercialização de bebidas, inclusive em supermercados e mercearias, podendo ser vendidas somente até às 18 horas. À noite, das 18 às 6 da manhã, é proibida a venda de bebidas, inclusive na modalidade delivery. 


Segue o Decreto na íntegra: 








 

O que achou dessa Notícia?
10 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

3 comentários

  • Ademi Alves Santana 05/03/2021

    Se tivéssemos o cuidado de se precaver, coronavírus teria matado pouca gente. Principalmente depois da vacina agora. Trabalhei 11 anos na IQUEGO, Ind. Quimica de medicamentos do Estado de Goiás. E como de praxe, boas práticas de fabricação, dentro da ind. você tem que usar luvas, máscaras, aventais, tocas, e protetor dos olhos para quem trabalha com máquinas de envase de medicamentos. E ainda protetor de ouvidos, em todos os sentidos era pra se estar protegido. E higienização das mãos também, e o funcionário que fosse pego sem o EPI. (equipamento de proteção individual) era advertido e com três advertência poderia ser demitido por justa causa. Se todos usassem máscara, distanciamento sem aglomerações, e agora com a vacina, logo estaríamos livres de mal, mas tem gente que ignora, infelizmente...
  • Ademi Alves Santana 05/03/2021

    Só é mimimi como disse o louco do presidente depois que algum amigo ou parente da pessoa contrai o vírus, podendo até morrer como aconteceu com uma tia minha agora a pouco em Iporá. E não foi somente ela, me parece que são quase cinquenta. Ora, também sou contra fechamento do comércio, mas o povo faz aglomeração, quer festa, achando que tudo está normal. Vejam o caso do time de futebol do Remo do Pará, ninguém tinha sido contaminado porque todos os dias tinha os cuidados e procedimentos, foi somente subir para a Série B e os jogadores saírem em carro aberto para comemorações que se misturou ao público em aglomerações, e veio o resultado depois: onze jogadores infectados, felizmente ninguém precisou ficar internado e nem entubado porque jogadores tem mais resistência física e maior imunidade, mas já tivemos casos de alguns que perderam a vida. Melhor não brincar com sorte, ou melhor... (pior) com a mo
  • Adalto Gomes 05/03/2021

    " Chega de mimimi", será que o boso sabe disso? Senão vão ter que arcar com o salário emergial.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.