Presidente da Associação do Nelore fala sobre ranking da raça na Pecuária de Iporá

13/06/2017
eurico-velasco-de-azevedo-neto13062017.jpg

Eurico Velasco, presidente da Associação do Nelore em Goiás, em visita ao OG

Eurico Velasco de Azevedo Neto, que é presidente da Associação Goiana do Nelore, em visita a Iporá e à redação do Oeste Goiano, onde esteve acompanhado por Nilton Pereira, tesoureiro do Sindicato Rural, disse sobre os preparativos para mais um ranking do nelore que será realizado dentro da Pecuária de Iporá, evento datado para a penúltima semana do próximo mês (julho).


A cidade de Iporá está com o privilégio do relacionamento com Eurico Velasco. Ele é casado com uma iporaense e tem propriedade rural no município de Iporá. Ele fala com entusiasmo desta terra e mostra-se muito interessado em contribuir para que exposições agropecuárias na cidade tenha sempre o ranking do nelore, evento importante para avaliar exemplares desta raça que melhor atende ao objetivo de peso e corte, vocação principal do nelore.


Será o segundo ano consecutivo que a exposição de Iporá tem ranking do nelore. Também no ano passado Eurico Velasco atuou em prol de sua realização, quando contou com 200 cabeças, gado de ótima genética. Em sua visita ao OG e ao ser perguntado sobre o ranking do nelore, Eurico Velasco disse que a meta para a pecuária deste ano é manter este mesmo bom número de animais e até ampliar, se possível.


Eurico Velasco anuncia a vinda do gado nelore de importantes produtores como: Irmãos Demarchi (SP), Nelore Machadinho (São Miguel do Araguaia), Rubens Rocha (Iporá), Dr. Wagner Miranda e gado dele próprio, Eurico Velasco, além de outros. Ele enfatiza que a meta de uma etapa de ranking de raça vai além da propagação da comercialização de sêmem, visando também motivar para que outros invistam no nelore, raça muito boa em razão de sua produtividade (carne), precocidade e beleza.


Ele avalia que o nelore em Goiás está em bom momento, com uma genética avançada e com muitos bons criadores no Estado, inclusive, nesta região. Eurico Velasco tem participação em empresa de banco de sêmem que comercializa para aqueles que queiram aprimorar o rebanho nelore. É de propriedade dele o touro Faj da Mata Velha, que na avaliação da ABCZ, está entre os melhores do Brasil. Esse touro vai estar em Iporá, na Exposição Agropecuária. O fato do touro vir é ato de generosidade do presidente da Associação do Nelore e que valoriza o evento, já que animal de tão alto valor, se mantido em Uberaba para a sua função de reprodutor, seria mais lucrativo para a empresa.


O circuito do gado nelore em Goiás tem bom conceito até fora do estado, com animais muito bem avaliados. Está vindo para a exposição de Iporá desse ano uma novilha que venceu a etapa de ranking em Uberada, dentre animais de várias partes do país. A bezerra Parla, avaliada em 350 mil reais, é das mais caras do estado. É propriedade de Eurico Velasco e empresa Nelore Machadinho.


Diante do que se articula para o ranking do nelore em Iporá, prevê-se que a exposição do mês que vem será muito mais do que evento de lazer, consistindo também em oportunidade de mostrar os avanços genéticos em animais do rebanho bovino.

O que achou dessa Notícia?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.