Prefeito precisa ir em busca de investidores, opinam internautas

30/11/2019
falta-de-empregos-em-goias30112019.jpg

Ao se debater em enquete as razões porque em Iporá não são gerados empregos, a grande maioria debita ao prefeito da cidade a culpa por isso.


Na opinião de 60% dos que manifestaram em uma enquete no site, o maior culpado por isso é quem administra a cidade, que teria que ir em busca dos investidores que estão a abrir empresas em cidades do interior.


Esse é um problema histórico em Iporá. O mercado de trabalho sempre foi muito restrito, sem jamais a cidade receber uma grande empresa, que gerasse centenas de oportunidades de trabalho.


Sem gerar empregos, os moradores acabam mudando da cidade, principalmente os mais jovens, na direção de cidades maiores: Rio Verde, Goiânia e até para fora do Estado. Muitas famílias mudaram para o Estado de Mato Grosso e para o norte do país.


Em quase quarenta anos, a população de Iporá aumentou menos de 5 mil habitantes. No censo do ano de 1980, Iporá tinha 27 mil habitantes. Atualmente, pouco mais de 31 mil habitantes.


Na enquete feita pelo Oeste Goiano outra razão apontada para a não geração de empregos em Iporá é a falta de incentivo do poder público para que as empresas já existentes na cidade possam crescer e ampliar a geração de empregos. São 21% dos internautas que apontam esta causa.


O resultado completo da enquete é o seguinte:


Por que não se gera empregos em Iporá?
60.44% - Porque o prefeito não vai em busca de investidores
21.98% - Porque falta incentivo do poder público para ampliar empresas aqui já existentes
11.54% - Porque falta melhores leis locais de incentivo
4.40% - Porque empresas não vem já que falta na cidade mão de obra qualificada
1.65% - Porque o país está em crise

O que achou dessa Notícia?
9 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

3 comentários

  • Rogerio Cruvinel Ribeiro 30/11/2019

    Há 20 anos atrás as cidades de Iporá, Morrinhos, Jaraguá, Goiatuba, Cristalina, Uruaçu, Porangatu, Mineiros tinha uma população de 30 mil habitantes em média, todas essas cidades cresceram e estão com uma média de 45 mil a 50 mil habitantes, mas somente uma cidade destas citadas não cresceu, sabem qual? Infelizmente a nossa cidade de Iporá que não cresce e estamos assistindo a cidade de São Luis também crescendo e hoje é o município mais populoso do Oeste Goiano, a linda São Luis de Montes Belos é a verdadeira Capital do Oeste de Goiás, lá na cidade dos Montes Belos sempre há instalação de novas empresas grandes e indústrias, se comparar com Iporá, São Luis 7 x 1 Iporá, isso mesmo, agora aqui em Iporá é proibido vir empresas de outras cidades? Aqui não pode ter uma empresa grande ou uma indústria, falam que nossa Iporá é uma cidade pólo, mas se comporta como se fosse uma Diorama.
  • Adalto Gomes 30/11/2019

    Quero aqui deixar minha opinião em relação a está enquete feita pelo o Oeste Goiano, muita bem-feita por sinal e muito relevante para a reflexão dos cidadãos iporaenses. Acho que desta gestão municipal, o cidadão de Iporá não precisa esperar muito, melhor nada mesmo, é uma bagunça generalizada, sem direção e pior sem planejamento. Sabemos que o estado não passa por momentos bons também, mas precisamos do apoio do governo por mais ruim que ele esteja. Sem o aval do governador, não teremos industrias instaladas em Iporá e nem na região, precisamos unir forças e encontrar uma solução. Estamos perdendo o legado de cidade potencial da região oeste, mas enquanto tivermos políticos como estes que estão no poder de Iporá, não chegaremos a lugar nenhum. Deixo minha opinião a você cidadão que está à procura de um emprego, que não tem qualificação profissional qualifique - se,
  • Adalto Gomes 30/11/2019

    porque dias melhores estão por vim. Não desista de Iporá !!!

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.