Tentativa de iporaenses de obter na Justiça direito de abrir comércio

28/03/2020
francisco-de-assis-souza-pedido-liminar28032020.jpg

Assis, presidente da CDL, recebeu líderes da comunidade para reunião que esboça ação para reabrir comércio

Na tarde desta sexta-feira, 27, reuniram-se líderes da comunidade iporaense em um esforço para obter os meios legais para que as casas de negócios da cidade possam ser abertas nesta segunda-feira, 30.


A reunião foi na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Iporá, onde o presidente da entidade, Francisco de Assis Souza, acolheu comerciantes, alguns líderes da comunidade e ainda o presidente da Câmara Municipal, vereador Samuel Queiroz e o prefeito Naçoitan Leite.


Falou-se muito sobre as dificuldades dos empresários nestes dias em que o comércio está fechado em razão do Decreto do Governo de Goiás que determina o isolamento social. Agora, em final de mês, agrava-se a situação dos empresários com contas a pagar e sem obter renda em razão deste fechamento do comércio, com decreto ainda extensivo até o dia 4 de abril.


A atitude dos que estavam presentes foi uma Ação na Justiça, com pedido de liminar, solicitando que o comércio de Iporá tenha permissão para abrir nesta segunda-feira. O advogado João Francisco, generosamente em favor dos empresários, cedeu seu trabalho para protocolar com urgência a Ação, a qual, como se trata de um pedido em caráter liminar, eles acreditam em decisão de próximas horas.


Ainda nesta sexta-feira, a CDL reuniu centenas de assinaturas de comerciantes de Iporá. Esse abaixo assinado foi encaminhado no mesmo dia para o governador Ronaldo Caiado e para o Secretário de Indústria e Comércio, Wilder Morais.

O que achou dessa Notícia?
39 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.