"Eleições 2012" - Voto consciente é voto independente

14/07/2012

Eleger pessoas honestas. Meta. Eleger pessoas capacitadas. Meta. Eleger pessoas nas quais você confia. Meta. É assim que, de partir de agora, o eleitor parte para a campanha e para as eleições de 7 de outubro deste ano. Começou oficialmente a campanha política. Isso quer dizer que a partir de agora os eleitores também terão a oportunidade de analisar as propostas  dos candidatos. O povo brasileiro vai escolher quem serão os próximos representantes na esfera municipal (Executivo e Legislativo).


Também é um momento para discutirmos assuntos importantes. É momento de discernirmos sobre quem é quem no contexto social, no aspecto moral, no comprometimento com a coisa pública. O voto é livre, consciente!

Isso quer dizer que ninguém é obrigado a votar no candidato que o pastor, que o padre, obreiro, missionário (...) indicar. Somos cidadãos, e não podemos abrir mão do direito de escolha, da liberdade, da democracia.

Que fique claro que não estaremos escolhendo um "santo" para governar, mas um político. Esse candidato deve ter projetos que atendam o interesse da sociedade, e não apenas de uma entidade.
 
Que o eleitor preserve inviolável seu direito de votar. Mas que ao votar pense sentimentos e valores cristãos.

Paulo disse: “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, a saber, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.” (Rm 12,2).  

Por fim, essa é uma citação do apóstolo que vai além de qualquer do entendimento literal da Bíblia Sagrada, pois é ampla, mas também é simples e reveladora.

Do site: www.momentoverdadeiro.com

Que Deus abençoe a todos.
Por: Washington Luiz
Escritor, Teólogo e Jornalista.
O que achou dessa Notícia?
0 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.