A UEG promove palestra sobre a BNCC para os acadêmicos estagiários

13/04/2019
ueg-e-bncc13042019.jpg

A Coordenadora Adjunta de Estágio Supervisionado, Maria Piedade Feliciano Cardoso, juntamente com a Direção e Coordenação Pedagógica do Câmpus, atendendo à solicitação dos professores orientadores de Estágio Supervisionado da Universidade Estadual de Goiás - Câmpus Iporá, promoveram, no dia 02 de abril de 2019, uma palestra sobre a BNCC – Base Nacional Comum Curricular para os acadêmicos estagiários dos cursos de Biologia, Geografia, História, Letras e Matemática.


A palestra foi proferida pelo Curriculista e redator do DC-GO (Documento Curricular para Goiás), Daniel Carneiro Cruvinel, e teve como tema Da BNCC ao Documento Curricular para Goiás.


Em sua fala, o professor trouxe uma reflexão sobre o conceito de currículo e a sua importância para o processo ensino-aprendizagem, ressaltou que a Base (BNCC para o Ensino Fundamental) propõe a formação humana integral, a partir de 10 competências gerais, as quais devem nortear a prática docente, através de habilidades, nas diversas áreas do conhecimento, seus componentes curriculares, bem como todas as etapas da Educação Básica. O professor palestrante também sinalizou algumas particularidades da Educação Infantil propostas na BNCC na perspectiva do Documento Curricular para Goiás.


Estiveram presentes os professores da UEG, coordenadores de curso, professores da Rede Estadual da Educação e cerca de 100 alunos dos cinco cursos de licenciatura da UEG – Câmpus Iporá.


Segundo a professora Maria Geralda, Professora Orientadora de Estágio do Curso de História, com este evento os estagiários tiveram a oportunidade compreender o processo de elaboração do Documento Curricular do Estado de Goiás a partir da BNCC e, embora esclarecedora, a fala do professor evidenciou a necessidade de conhecermos profundamente o documento e de estabelecermos um diálogo crítico com o mesmo no processo de formação docente.


Também a professora Thalitta, Professora Orientadora de Estágio do curso de Matemática, considerou a ação imprescindível para que possamos compreender melhor os fundamentos desse documento, bem como o risco de a Educação tornar-se ainda mais mercadológica. Assim, este foi um momento ímpar para os acadêmicos e professores analisarem o documento em pauta.

O que achou dessa Notícia?
6 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.