Alunos fizeram pesquisa sobre o uso precoce de álcool na adolescência

04/07/2017
uso-precoce-de-alcool-4-04072017.jpg

O I Seminário de Iniciação Científica de 2017 com participação de alunos do Colégio Estadual de Aplicação de Tempo Integral enfocou tema muito importante e reflexivo para eles: “O Consumo Precoce do Álcool na Adolescência”. Foi em 26 de junho esse seminário na sala de mídias da FAI. O evento contou com a presença ilustre de personalidades da cidade de Iporá, compondo a banca e apreciando os alunos de 1º ao 5º anos e que atuaram sob orientação do Prof. Wilian Gonçalves e apoio dos alunos bolsistas do PIBID/Geografia UEG - Iporá os quais apresentaram um tema que merece uma atenção especial das autoridades e conhecimento de toda população.


Dentre as várias atividades realizadas por eles no primeiro semestre de 2017 se destaca a pesquisa com 101 alunos do Ensino Médio de uma escola de nossa cidade entre 14 a 18 anos com o tema: “O Consumo Precoce do Álcool na Adolescência” o que resultou na apresentação dos dados obtidos nesse seminário. Na ocasião de apresentação da pesquisa estiveram presentes vários pais, familiares em geral dos alunos e convidados.


Compondo a banca do evento e prestigiando este trabalho estiveram presentes: o exmo. Juiz de Direito da 1ª Vara da Infância e Juventude Dr. Samuel João Martins; a Sr.ª. Prof.ª Fátima Maria de Jesus, Subsecretária da Regional de Iporá; o Sr. Francisco Rita de Araújo, pai de uma aluna e que representou a família do alunado; a Prof.ª: Paula Junqueira da Silva Rezende, coordenadora de Área do Subprojeto Geografia PIBID da UEG - Campus Iporá; a Sr.ª. Eleonilda Maria Lassi de Azara, Conselheira Tutelar de Iporá, além da professora Liliana Rejane, representando a diretora do CEPI – Osório Raimundo de Lima.
O trabalho apresentado pelos alunos de 1º ao 5º anos do Ensino Fundamental faz parte do Programa de Iniciação Científica Letramento / Numeramento do Colégio Estadual de Aplicação de Tempo Integral – CEATI e é uma das disciplinas do Núcleo Diversificado daquela unidade, onde o professor é somente orientador e/ou provocador.


Segundo o Professor Wilian Gonçalves, o seminário é um relato de experiências onde os alunos incentivados à curiosidade, pesquisa e troca de experiências chegaram a um censo comum para o tema e objetivo específico do projeto.
Diante a isso, frente à problemática, foram realizadas atividades voltadas ao tema proposto, tais como: Exposição de vídeos, produções textuais e seminário, no qual houve uma boa interação dos alunos. Conforme o bom andamento do projeto chegou então à conclusão através de discussões com os alunos de se fazer uma pesquisa na unidade escolar CEPI - Osório Raimundo de Lima acerca do consumo precoce de álcool.


Toda organização da pesquisa foi direcionada aos dois grupos, dos quais foram criadas as questões e encaminhadas para avaliação no Conselho de ética formado pela Coordenação Pedagógica. De posse dos questionários aprovados, foram aplicados a 101 alunos do 1º ao 3º anos do Ensino Médio matriculados naquela unidade. A aplicação e levantamentos dos dados da pesquisa foram realizados pelas turmas de Letramento e Numeramento em conjunto.


O trabalho vai além de pesquisas e dados e fundamenta-se no conhecimento, na provocação, o entendimento e valorização do aluno como um pesquisador, fazem-se então de suma necessidade um olhar cuidadoso, cauteloso dos estudos feitos e resultados encontrados.

O que achou dessa Notícia?
0 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.