Caiado viabiliza passagens de alunos iporaenses para Olimpíada na China. Mas campanha ainda continua para arrecadar recursos para outros custos da viagem

26/10/2019
alunos-feras-na-matematica26102019.jpg

Otávio Azevedo, Juliana Castilho, Eduardo Mendes e Marco Antônio ganharam ajuda do Governo de Goiás

Depois de acionado pelo deputado estadual Karlos Cabral (PDT), o governador Ronaldo Caiado manifestou em áudio direcionado aos alunos e a escola de que vai patrocinar as passagens áereas de alunos e professoras para a Olimpíada Internacional de Matemática, na China. Mas a escola continua a campanha de arrecadação pois ainda depende de mais algum dinheiro para custear outras despesas (estadia e alimentação).


Até então era uma aflição para os alunos vencedores de fase nacional da Olimpíada e que tinham o direito de disputa internacional naquele país asiático, mas não tinham os recursos principais, que são os de passagens aéreas. Mesmo com a campanha que fora lançada ao público, até com apoio da imprensa, isto parecia não ser possível. 


Os alunos que pretendem a viagem são Juliana Castilho, Marco Antonio Rodrigo, Eduardo Mendes e Otávio Azevedo Alves, do CEPI Osório Raimundo de Lima, em Iporá, orientados pelas professoras Daniele e Clébia, que tinham prazo para a viagem, marcada para novembro, e o dinheiro que a comunidade ofereceu em doação era pouco para os gastos.


Ronaldo Caiado anunciou que o Governo de Goiás vai pagar as passagens, no valor de 40 mil reais. E anunciou ainda que ele, do seu próprio bolso, vai doar um mil reais. No áudio Caiado ressaltou que, embora o Estado esteja passando por grande dificuldade, entusiasmou com essa possibilidade de ver goianos na China, representando o Estado de Goiás e, então se esforçou o máximo para custear essa despesa. O governador ressaltou que a Educação para o seu governo é muito importante e que esses alunos que já foram tão bem no Brasil, na área de Matemática e Robótica, merecem esta grande oportunidade.


Caiado quer que após a viagem, os alunos, independentemente do resultado da competição, o visitem para um almoço no Palácio das Esmeraldas, a fim de dar os parabéns para esses quatro alunos e as duas professoras.


Sobre a famosa Olimpíada


A cada ano a Olimpíada Internacional de Matemática é realizada em um país. Neste 2019, será na China. O método de seleção dos alunos que vão para Olimpíada Internacional varia de país para país. No Brasil a seleção para a IMO é feita a partir da Olimpíada Brasileira de Matemática.


Deste processo de seleção participam todos os alunos premiados com medalhas de ouro, prata, bronze e menções honrosas na OBM do ano imediatamente anterior ao processo de seleção.


Alunos que tenham ganhado Medalha de ouro, prata ou bronze em alguma OBM podem pedir para serem incluídos no processo de seleção para a IMO, Olimpíada Iberoamericana, Olimpíada do Cone Sul e Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.


O Brasil iniciou sua participação na IMO em 1979 e desde então vem obtendo resultados cada vez mais expressivos, o que fez com que ele fosse chamado para participar da Romanian Master in Mathematics, em 2010, onde só os vinte melhores países da competição anterior participam. Até o ano de 2018, o Brasil acumulava 10 medalhas de ouro, 43 de prata, 77 de bronze e 33 menções honrosas. Neste ano a honrosa oportunidade de ir ao evento interncional é de iporaenses do CEPI Osório Raimundo de Lima.

O que achou dessa Notícia?
18 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.