É feito um alerta sobre o fim do FUNDEB, diz educador de Iporá

16/07/2020
alex-batista-moreira-rios16072020.jpg

Professor Alex: Alerta sobre FUNDEB

Defensores da Educação pública alertam sobre o fim do FUNDEB! São muitos que estão em estado de prontidão, alerta sobre esta possibilidade. Um dos que abordam o assunto é Alex Batista Moreira Rios que atua no ensino público em Iporá como professor, biólogo e focado na área ambiental. 


 


A seguir, texto do professor Alex:



Professores, estudantes, sindicatos, associações e diversos movimentos sociais estão intensificando o debate e a pressão sobre os políticos para que um novo FUNDEB seja aprovado nas próximas semanas.


Para quem ainda não sabe, FUNDEB é uma sigla usada para se referir ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.


Implantado em 2007, esse fundo passou a ser a principal fonte de financiamento da Educação Básica do Brasil, que inclui creches, pré-escola, Ensino Fundamental I e II, Ensino Médio e a EJA (Educação de Jovens e Adultos), por exemplo.


Esse fundo é fundamental para que existam a manutenção e melhorias nas escolas públicas do país. O dinheiro destinado ao FUNDEB garante: A redução das desigualdades de recursos nas escolas públicas municipais, estaduais e federais; O pagamento de 60% do salário dos professores e de todos os funcionários da escola; aquisição de material didático-escolar e manutenção dos programas de transporte escolar; a construção e manutenção das escolas.


Infelizmente, o FUNDEB encerra esse ano. Se nenhuma decisão política for tomada, cerca de 60% dos recursos atuais investidos nas escolas públicas desaparecerá. Caso isso aconteça: escolas serão fechadas; a qualidade do ensino público ficará comprometida; a maioria dos professores e demais funcionários das escolas terão sérios problemas financeiros; os estudantes terão escolas com péssimas condições de estrutura e recursos; os estudantes que dependem da escola pública para estudar terão menores chances de aprendizado e de ingressar nas Universidades.


Os defensores da educação pública estão mobilizando e informando a sociedade sobre a importância de se criar um novo FUNDEB, um FUNDEB permanente e mais estruturado para ampliar e garantir os investimentos nas escolas públicas.


Isso só será feito por meio de cobranças aos vereadores, prefeitos, governadores, deputados e senadores estaduais e federais e ao presidente da República, pois todos eles são responsáveis por garantir a existência de verbas para a Educação.


Todos precisam cobrar! Isso pode ser feito pelo envio de mensagens nas redes sociais.


Defender o FUNDEB é defender a Educação, o presente e o futuro do povo brasileiro.

O que achou dessa Notícia?
13 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.