Estado vai entregar mais uma escola em Iporá para gestão do Município

23/12/2019
escola-vereador-antonio-laurindo23122019.jpg

A Escola Estadual Vereador Antônio Laurindo, localizada no Conjunto Águas Claras, em Iporá, a partir de 2020, passa por grande mudança.


O estabelecimento será municipalizado. Isto significa que passa a ser de um ensino sob responsabilidade da Prefeitura de Iporá, através de sua Secretaria Municipal de Educação.


O mesmo já ocorrera no início deste ano de 2019, quando o Estado entregou ao Município a gestão da Escola Joaquim Berto. Regiane Cândido, coordenadora regional de educação, explica que a Escola Estadual Vereador Antônio Laurindo será municipalizada por causa do número de alunos. Tem somente 94 alunos, sendo que esses alunos são divididos em Fundamental I e II. A primeira parte (Fundamental I) a escola prossegue ofertando em 2020, dentro de um processo de municipalização. E os alunos de 6º ao 9º ano serão reordenados para outra escola, que é o Colégio Aplicação, que fica em outro bairro, no Setor Bela Vista, proximidades da UEG e FAI.


Regiane Cândido tranquiliza de que essas mudanças ocorrem sem perdas para o aluno e quanto a preocupação de pais sobre superlotação de salas, ela afirma que isso não ocorrerá, pois a cidade tem escolas bem distribuídas em seu perímetro urbano. A coordenadora sempre enfatiza que as mudanças da Secretaria da Educação ocorrem sempre visando otimizar recursos financeiros, para que não se tenha escolas com poucos alunos e nem superlotação de salas, em uma prática de que recursos financeiros de escolas que deixam de existir são transferidos para escolas que estão ofertando as vagas, garantindo a qualidade do ensino na rede estadual.


Regiane Cândido afirma que se voltar no tempo percebe-se que Iporá está em bom momento na educação, com duas escolas de ensino em tempo integral, um colégio militar e uma escola, o Edmo Teixeira, que passa agora a ter ensino médio. Sobre esse assunto do ensino médio na Escola Edmo Teixeira, faremos uma reportagem especial.


Enquanto o Estado municipaliza escolas, a carga fica maior com a Prefeitura de Iporá que, através de sua Secretaria Municipal de Educação, vem assumindo as séries até o 5º ano. Uma nova diretriz no ensino público assinala que essa fase inicial na vida do aluno é tarefa de poder público municipal.

O que achou dessa Notícia?
12 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.