Governo de Goiás investe R$ 4,8 milhões em unidades escolares da CRE de Iporá

03/09/2020
escola-de-ensino-especial03092020.jpg

Escola de Ensino Especial é uma das unidades atendidas

Até o final deste ano, o Governo de Goiás vai investir cerca de R$ 4,8 milhões em reformas e obras nas unidades educacionais integradas à Coordenação Regional de Educação (CRE) de Iporá, no Oeste do Estado.


Segundo Regiane Cândido, coordenadora regional, os benefícios vão chegar a 60% das unidades escolares de Iporá, Amorinópolis, Caiapônia, Diorama, Doverlândia, Jaupaci, Israelândia e Palestina de Goiás, municípios que compõem a CRE.


Ao todo, em 2020, a Coordenação Regional de Iporá é responsável pela gestão de 17 unidades escolares. Conforme a coordenadora, os recursos do governo estadual vão beneficiar também a Escola Estadual Vereador Antônio Laurindo, que foi municipalizada este ano. A instituição de ensino foi contemplada com recursos do programa Reformar Goiás.


Em Iporá todas as unidades escolares passsaram por pequenas reformas e o investimento foi de com R$ 466 mil que serão destinados a obras de infraestrutura (telhados, pisos e pintura geral). Esse programa lançado em dezembro de 2019 preparou as unidades escolares para o inicio do ano letivo de 2020.


Reformas e outras obras


Regiane destaca ainda que oito escolas da Regional receberam recursos para reformas e obras. A Escola Estadual Israel Amorim, em Iporá, e o Colégio Estadual Previsto de Morais, em Caiapônia, por exemplo, receberam R$ 117.487,09l e R$ 150.057,75, respectivamente, para a construção de duas quadras poliesportivas.


Já por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Goiás), desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc Goiás), a CRE de Iporá realizou licitações de R$ 554 mil para contemplar outras duas escolas: o Colégio Estadual Ana Algemira, em Palestina; e o Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Gercina Borges Teixeira, em Caiapônia.


No C. E. Ana Argemira já foram iniciadas a reforma do telhado e as obras de acessibilidade e combate à incêndios. Já no Cepi, o PDDE será utilizado para as construções de cozinha e refeitório.


Também dentro do PDDE Goiás, a Regional foi contemplada com R$ 40 mil para gastos emergenciais nas unidades escolares. Já estão sendo contempladas com reformas nas instalações elétricas, os colégios estaduais de Aplicação e Elias Araújo Rocha, em Iporá. E no Colégio Estadual Previsto de Morais, em Caiapônia, foi realizada a troca da caixa de água.


Licitações


A CRE de Iporá também tem processos licitatórios para a realização de obras em andamento na Escola Estadual de Ensino Especial, em Iporá, no valor de R$ 148 mil; e no Colégio Estadual Analícia Cecília, em Amorinópolis, onde será construída uma quadra poliesportiva. A obra está orçada em R$ 300 mil.


Outras duas licitações estão em fase de conclusão para as reformas do Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Osório Raimundo de Lima e da Escola Estadual Edmo Teixeira. Ambas em Iporá. Três unidades escolares estão com processos licitatórios em fase inicial. São elas o Colégio Elias de Araújo Rocha, o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Dom Bosco e o CEPI de Aplicação, também em Iporá.


A coordenadora Regiane Cândido comenta que está bastante satisfeita com as melhorias implantadas pelo Governo do Estado e a Seduc Goiás nas unidades escolares e que, por conta desses investimentos, 2021 promete ser de grande êxito. “A infraestrutura adequada destaca o trabalho pedagógico, além de viabilizar diversos espaços para a aprendizagem”, ressalta ela.

O que achou dessa Notícia?
9 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.