Novo sindicato de trabalhadores rurais quer filiar 100 novos membros

29/07/2017
sindicato-da-agricultura-familiar29072017.jpg

Sindicato das Agricultoras e Agricultores da Agricultura Familiar foi criado no mês passado em Iporá

Uma nova representação de quem trabalha na terra está em fase de expansão no número de membros e para, consequentemente, fortalecer-se na luta em defesa desta categoria.


O Sindicato das Agricultoras e Agricultores da Agricultura Familiar foi criado no mês passado em Iporá e agora, neste mês de julho, está lançando uma campanha para filiar 100 novos membros. A entidade está em busca de trabalhadores na terra, sejam arrendatários ou pequenos chacareiros. A entidade cuida do interesse de pequenos produtores.


Édio Tavares, presidente do Sindicato, diz que com maior número de filiados será mais eficiente a entidade em defender a categoria. A meta é desenvolver políticas públicas em favor da produtividade, cobrar dos governantes e lutar pelo crédito fundiário que é um programa do Ministério do Desenvolvimento Agrário que dá aos sem terras acesso às propriedades desapropriadas pelo Governo, o que é em condições muito facilitadas de pagamento pela terra obtida.


Edio Tavares afirma que o Sindicato também deverá atuar na luta pela reforma agrária através do sistema de acampamento e cadastramento junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).


Estar filiado ao Sindicato é também forma comprobatória para processo de aposentadoria, quando de idade prevista para isso. O Sindicato das Agricultoras e Agricultores da Agricultora Familiar tem sede na Rua Limeira, Vila Brasília. O telefone de contato é o (64) 9 9228-8483.

O que achou dessa Notícia?
8 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.