Em sufoco Iporá obtém virada histórica e se classifica para nova fase

10/06/2018
danilo-ribeiro-jogador-de-futebol-junho-de-201810062018.jpg

Danilo Ribeiro dribla o adversário e conduz a bola. Ele foi jogador importante na virada. Chutou uma bola na trave e fez um gol

Um jogo que parecia que ia ser fácil foi o mais difícil na Série D do Campeonato Brasileiro, competição que o Iporá Esporte Clube está disputando. Na tarde deste domingo, 10, no Estádio Ferreirão, diante de grande torcida, parecia que a vitória não ia ser tão difícil, já que o time iporaense empatara lá em Campo Grande com o Novo Operário em 2 x 2.


Mas algumas fatalidades iriam marcar a tarde. Aos 28 minutos do primeiro tempo, um penalte duvidoso foi marcado pelo árbitro, quando João Lucas fez 1 x 0 para o Novoperário. O time iporaense continuava criando boas oportunidades, mas o gol não saía. Na volta para o segundo tempo, em uma falha da zaga do Iporá, logo aos 5 minutos, o time sul-matogrossense ampliou o placar: 2 x 0. O gol foi do atacante Mateus Ortigozo.


Com isso o time ficou abatido e parecia que não reverteria o resultado. O técnico Geraldo Pereira fez alterações, colocando Marco Antônio e Elizeu e mudando o posicionamento de Saulo. O time continuou criando oportunidades e desperdiçando chances, com bolas na trave ou nas mãos do goleiro Felipe Lacerda, em tarde boa atuação.


Aos 25 minutos do segundo tempo, Marco Antônio fez, de pé esquerdo. Com o gol, o time recuperou a motivação e a organização tática. Saulo fez aos 37 minutos, empatando o jogo. Com apoio da torcida, o time ficou ainda mais motivado e, aos 44 minutos, Iporá teve um penalte ao seu favor, que Danilo Ribeiro cobrou e fez! Era a virada: 3 x 2.


Um grande público compareceu ao estádio. Classificado nesse mata-mata, o time de Iporá agora vai enfrentar o Treze, de Campina Grande, cidade da Paraiba. O campeonato agora tem 16 times. Iporá chega a uma posição rara para time do interior goiano.


Iporá entrou em campo com Clériston, Flávio Menezes, Hugo (Elizeu), Ricardo Lima, Bosco e Júnior Capixaba; Renatinho, Preto e Saulo; Luca (Marco Antônio) e Danilo Ribeiro.

O que achou dessa Notícia?
28 votos