FGF anuncia tabela do Goianão 2020 enquanto presidente do Iporá busca apoios para custear a disputa

27/11/2019
jiji03122019.jpg

Em 22 de janeiro de 2020 o time profissional do Iporá Esporte Clube estreia no Campeonato Goiano, a ser promovido pela Federação Goiana de Futebol. Até lá o presidente do time, Nilton Pereira Xavier (Nilton Pezão), juntamente com demais da diretoria, estão com a árdua tarefa de conseguir os apoios financeiros necessários.


A reportagem do OG esteve com Nilton Pezão, quando ouviu dele que esta busca de patrocínios está em andamento, com alguns já conseguidos e outros a caminho. Afirmou ainda que já iniciou a contratação de jogadores e que tem encontrado dificuldades, pois os preços estão majorados. Segundo ele, atletas do nível que o Iporá precisa estão com mensalidades de cerca de 6 mil reais, enquanto que em anos anteriores contratava-se por mensalidades de até 4 mil reais.


Mas ele afirma que a busca está sendo feita, numa tentativa de se achar e trazer atletas de custo menor, mas com perspectiva de bom desempenho para a campanha de 2020 do Lobo Guará. Dos nomes já definidos, o presidente não quis revelar nenhum deles, já que ainda não há contrato assinado.


Os jogos do Iporá serão:


Fora, contra o Goiânia, em 22/01
Em casa, contra o Goiás, em 26/01
Em casa, contra o Cra Catalano, dia 29/01
Fora, contra o Anápolis, dia 01/02
Fora, contra o Grêmio Anápolis, dia 08/02
Em casa, contra o Jaraguá, dia 16/02
Fora, contra o CRA Catalano, dia 22/02
Em casa, contra o Grêmio Anápolis, dia 01/03
Fora, contra o Goiás, dia 07/03
Em casa, contra o Goiânia, dia 15/03
Fora, contra o Jaraguá, dia 21/03
Em casa, contra o Anápolis, dia 25/03


Sistema de disputa

A fórmula de disputa aprovada por unanimidade, quanto ao seu esqueleto, é a seguinte: as 12 equipes foram divididas em dois grupos de seis times cada.

Assim, o Grupo A está formado por Atlético, Vila Nova, Goianésia, Anapolina, Aparecidense e Iporá enquanto o Grupo B está composto por Goiás, Goiânia, Jaraguá, Anápolis, Grêmio Anápolis e Crac.

Os jogos acontecem grupo contra grupo, em turno e returno, na 1ª Fase, totalizando 12 partidas para cada time, seis como mandante e seis como mandado, contagem corrida de pontos ganhos, classificando-se os oito primeiros colocados, independente de grupo, para as Quartas de Final, daí conhecendo-se os quatro semifinalistas e os dois finalistas que decidem o título de campeão do Goianão 2020 enquanto os dois últimos colocados, também independente de grupo, são automaticamente rebaixados para a Divisão de Acesso em 2021.

Os confrontos nas Quartas de Final serão assim: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º, de acordo com a classificação geral da 1ª Fase ao passo que nas semifinais, 1º x 4º e 2º x 3º, abrangendo a pontuação da 1ª Fase + Quartas de Final.

A partir das Quartas de Final, os melhores colocados na somatória geral dos pontos em toda a competição, fazem o jogo de volta como mandantes, e, a exemplo das quatro últimas edições do Goianão, empate em pontos e gols provoca decisão por pênaltis.

O que achou dessa Notícia?
16 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.