Qual chance do IPEC ser rebaixado? Cronistas avaliam

17/04/2021
201218-iporaec17042021.jpg

Tem quem é muito otimista de que a chance do Iporá Esporte Clube ser rebaixado é só de 33% e tem quem é pessimista de achar que essa chance de ir para a segunda divisão é de 80%. Faltando dois jogos para o Iporá impõe -se ao time uma tensa situação, uma vez ter desperdiçados pontos em situações em que se descuidou de estar vigilantes em partidas. O Lobo Guará só tem 7 pontos, quantitativo compartilhado com o Jaraguá, adversário direto na luta para se manter na elite do futebol goiano.


Levando em conta o nível de adversários, fator mando de campo e outros aspectos, os cronistas esportivos de Iporá avaliam cenário e probabilidades. Cai ou não? O que vai acontecer com o IPEC depois de jogar com o Jaraguá em casa e com o forte Goiás lá na capital? Cada cronista esportivo tem uma opinião.


Cássio Lara, repórter de campo na Rádio Rio Claro, disse ao OG que a chance de cair é de 33%. Ele é o mais otimista. 


Danilo Oliveira, narrador no escrete da Rádio Rio Claro, avalia que as chances do Iporá cair é 40%.


Também Diego Alves, plantonista esportivo na Rádio Nova Onda, acredita que a chance de queda é de 40%.


José Rosa, narrador na Rádio Nova Onda, expôs para o OG um cenário detalhado, que levou em conta todos os aspectos, inclusive fatores subjetivos, para concluir que a chance de cair para a segunda divisão é de 41%.


Emerson Souza, repórter de pista na Rádio Nova Onda, ao avaliar os fatores inerentes aos confrontos, calcula em 45% a chance do time fracassar. 


Adão Dias, que acompanha o Campeonato Goiano pelo OG acredita que o cenário está um pouquinho mais favorável para o adversário Jaraguá. Calcula o percentual de fracasso em 51%.


Auecione Alves, comentarista na Rádio Rio Claro, vê mais chances do time cair do que se manter. Calcula em 55%.


Neirinelson Santos, da Nova Visão TV, afirma que essa matemática de se manter na primeira divisão é complicada e acredita que a chance de queda é matematicamente de 75%, mas diz que o time vai se superar, pois depende só dele mesmo e tem mehorado nos últimos jogos. 


O mais pessimista dentre nossos cronistas esportivas é o Pedro Claudio, comentarista na Rádio Rio Claro. Ele vê pela frente uma situação muito difícil para o time da cidade e acredita que a chance de queda é de 80%.


Mais dos 8 cronistas que manifestaram, 5 deles vê mais chances de sucesso do que de fracasso. Portanto, ainda prevalece o otimismo. Mas não será fácil.

  • Tem 45% de chance de queda, prevê Emerson Souza
  • Um pouquinho mais pra cair: 51%. Análise de Adão Dias
  • As possibilidades de descenço são de 40%. Opinião de Danilo Oliveira
  • 41% é a possibilidade de queda, avalia José Rosa
  • Para Diego chance de insucesso é de 40%
  • Cássio Lara, o mais otimista: só 33% para queda
  • O mais pessimista, Pedro Claúdio, vê chance de queda em 80%
  • Auecione crava 55% para Iporá cair
  • Chance matemática de cair é de 75%.
O que achou dessa Notícia?
10 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.