TCM suspende compra de máscaras sem licitação feita pela Prefeitura de Iporá

21/05/2020

O prefeito de Iporá, Naçoitan Leite,  deverá, nas próximas horas, dar explicação para a compra que planejou fazer de máscaras faciais com valor acima do de mercado. A notícia foi veículada pelo site do jornal Opção: https://www.jornalopcao.com.br/ultimas-noticias/tcm-suspende-compra-de-mascaras-sem-licitacao-feita-pela-prefeitura-de-ipora-255263/


Há indício de sobrepreço que causaria prejuízo de R$45 mil, segundo Conselheiro Valcenôr Braz. O Tribunal de Compras dos Municípios (TCM) suspendeu o processo de compras de máscaras feito pela Prefeitura de Iporá. A aquisição seria feita sem licitação, levando em conta a situação da pandemia. A decisão cautelar de suspender a compra foi dada pelo conselheiro Valcenôr Braz, que viu indício de sobrepreço.


A compra seria de 6 mil máscaras do modelo PFF2, conhecida também como N 95. O material hospitalar seria adquirido da empresa Empresa E&L Distribuidora de produtos farmacêuticos.


A Prefeitura de Iporá pagaria por cada unidade de máscara o valor de R$ 22,50, o que foi considerado pelo TCM um sobrepreço, já que em uma loja revendedora da própria empresa dona da marca que fornece as máscaras, a unidade sairia R$15,00. A compra causaria um prejuízo estimado em em R$45 mil.


O conselheiro Valcenôr Braz mandou intimar o prefeito Naçoitan Araújo Leite, para em 48 horas prestar os esclarecimentos.

O que achou dessa Notícia?
17 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.