Não será simples. Exército calcula em 15 dias obra da ponte móvel

12/03/2019
exercito-faz-ponte12032019.jpg

Poderá durar, talvez, até 15 dias a montagem da ponte de ferro do Exército, a ser instalada no local da GO-060, onde teve rompimento de bueiro e foi abaixo toda pista. De primeiro momento, a equipe do Governo de Goiás chegou a prever que esta ponte poderia ser instalada em dois dias. Mas a equipe do Exército, que desde esta terça-feira, 12, está no local, disse que o trabalho de instalação da ponte móvel não é tão simples assim.


A estrutura chegou no local na segunda-feira. Os trabalhos já iniciaram e ficou para a Prefeitura de Israelândia um serviço de encabeçamento da ponte de ferro. A ponte móvel do Exército é estrutura alta e deverá ficar por muito tempo no local. Primeiramente, o governo pretende tapar buracos da rodovia. Só depois fará a ponte com cimento, abaixo da passagem móvel.


Na manhã desta segunda-feira, 11, o governador Ronaldo Caiado assinou um decreto de calamidade pública com relação ao trecho da GO-060, o que permite as ações emergenciais.


Os transeuntes do eixo rodoviário leste oeste estão tendo que tomar caminhos alternativos: por Ivolândia/Moiporá (ou ainda por Mandioca Assada/Moiporá) ou por Jaupaci/Bacilândia/Fazenda Nova. Em todos os trechos há estrada de chão e eventuais lamaçais, conforme o tempo, se chuvoso ou não.


Há um desvio ao lado do bueiro caído por onde só passam ambulâncias, veículos de secretarias municipais de saúde e viaturas policiais. Esse controle de quem pode passar é feito pela Polícia Rodoviária.

O que achou dessa Notícia?
22 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.