Obra do desvio parada por três dias

11/02/2020
obra-de-desvio-na-go-06011022020.jpg

Chuvas e muita umidade no local impossibilitaram nos últimos três dias os trabalhos da construção do desvio ao lado do bueiro danificado na GO-060, km 168. As máquinas e homens estiveram parados no sábado, domingo e ontem, na segunda-feira. Na verdade, nesta segunda à tarde, foi possível algum serviço, mas sem uso de máquinas pesadas.


O local onde se pretende o desvio é de relevo baixo, com duas grotas e possui muita umidade, principalmente agora, depois da sequência de chuvas.


Há uma previsão de que, estando o tempo bom para serviço de máquinas pesadas, com dois dias de serviço pode ser possível o término da obra de desvio. Agora, resta expectativa de dois dias de sol para que a obra seja concluída.


O fato


Foram as fortes chuvas da noite do dia 25 para 26 de janeiro que danificaram um bueiro em córrego que atravessa a GO-060, entre o trevo para a cidade de Fazenda Nova e o acesso para Piloândia. Na manhã do domingo, ao ser verificado estragos na superfície do asfalto, a Goinfra (órgão estadual que cuida de rodovias) foi informada sobre isso, com profissionais que se deslocaram para observação in loco e fez a interdição da rodovia. Ninguém passou, a partir de então, o que força os que vão ou que vem de Goiânia a tomar caminho alternativo.



Mais uma vez uma rodovia importante do estado fica interditada em um de seus trechos. É o segundo caso nestes últimos 9 meses. Em março do ano passado, em local próximo ao agora afetado, um outro bueiro foi danificado e só vários meses depois foi restabelecido o tráfego. Antes de se fazer um desvio ao lado, os transeuntes tiveram que percorrer muitos quilômetros para fazer o percurso Goiânia Iporá/Iporá Goiânia.



A prefeita Miriã Dantas, de Israelândia, mais uma vez entrou em ação para acionar o Governo de Goiás, através do órgão competente: Goinfra. O bueiro danificado está em área territorial de seu município. A prefeita afirma que desta vez a situação não deverá ser tão difícil quanto foi da outra vez, pois já existe uma empreiteira trabalhando na reconstrução desta rodovia, inclusive, refazendo pontes e bueiros. A empreiteira deverá priorizar essa recuperação imediata do bueiro agora danificado.

O que achou dessa Notícia?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.