Prefeitura de Iporá em atraso de 6 meses com fundo que serve para aposentar funcionários. Dívida é superior a 3 milhões e 700 mil reais

11/10/2020
ipasi-instituto-ipora11102020.jpg

Sede do Instituto ao qual a Prefeitura tem dívida

Acionado pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Iporá, no papel de cobrar transparência e a lisura quanto a transferências que servem para aposentadorias de servidores, Vilmar Rosa de Oliveira, presidente do Ipasi, informou sobre o atraso da Prefeitura de Iporá para com o Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Iporá (Ipasi). 


Esse atraso nas transferências chegou agora a três milhões, setecentos e cinquenta e quatro mil, trinta e seis reais e nove centavos (R$ 3.754.036,09). A dívida tem a ver com a parte patronal que a Prefeitura precisa repassar. O pagamento não tem sido feito desde março de 2020. São atrasos dos meses de março, abril, maio, junho, julho e agosto deste ano.  


As datas de pagamento são os últimos dias de cada mês. Em 30 de outubro de 2020 vai vencera transferência referente ao mês passado, que ainda não foi paga, mas não está vencida. 


No momento, a Prefeitura não tem a Certidão de Regularidade Previdenciária (CRD), a qual venceu em 6 de setembro de 2020. Não ter a CND é impedimento para obter verbas de convênios. 


Informa o presidente do Ipasi, Vilmar Rosa, que o parcelamento da dívida contraída no ano passado vem sendo pago. Foi feita a quitação de 9 parcelas. 


Abaixo, o relato do presidente quanto a situação de dívida:




O que achou dessa Notícia?
37 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.