Técnicos já fizeram levantamento para obra do bueiro na GO-060

29/01/2020

No final do dia de ontem, terça-feira, 28, a prefeita de Israelândia, Miriã Dantas, que cobra mais de perto a reconstrução do bueiro na GO-060, entre o trevo de Fazenda Nova e o acesso ao povoado de Piloândia, foi informada pela Goinfra de que já foi feito o levantamento para a obra. O dia foi de visita dos técnicos do órgão, com todo levantamento hidrológico da bacia feito, sendo realizado o termo de referência e sendo agora preparado o orçamento.


A informação no órgão é de um senhor conhecido como Goiás. Ele afirmou ainda para a prefeita que acredita que em breve já estarão sendo iniciados os serviços. Ele disse que não dá para fazer previsão sobre que dia fica pronto. Explicou que, conforme a legislação pode durar até 180 dias, acredita que será possível terminar muito antes, com maior rapidez do que na obra do outro bueiro, danificado em março do ano passado.


Não foi cogitado de fazer desvio nas imediações. Enquanto tudo isso durar, os transeuntes do eixo rodoviário leste/oeste e oeste/leste estão usando rotas alternativas. A mais usada para quem sai de Iporá rumo a Goiânia é desviar para Fazenda Nova, Novo Brasil, etc..., buscando o rumo de Goiânia, a partir de São Luís para retomar a GO-060, ou seguir na direção de Anicuns, para acessar essa rodovia na altura de Claudinápolis.


Sobre o dano no bueiro


As fortes chuvas da noite deste sábado para domingo danificaram um bueiro em córrego que atravessa a GO-060, entre o trevo para a cidade de Fazenda Nova e o acesso para Piloândia. Na manhã deste domingo, ao ser verificado estragos na superfície do asfalto, a Goinfra (órgão estadual que cuida de rodovias) foi informada sobre isso, com profissionais que se deslocaram para observação in loco e fez a interdição da rodovia. Ninguém está passando no local, o que força os que vão ou que vem de Goiânia a tomar caminho alternativo.


A interdição parece ter sido um ato preventivo muito sensato, pois em seguida, já se viu o agravamento do estrago na superfície da pista. Embora sem passar carro sobre o bueiro, o volume de água em fluxo no córrego, fez mais estragos durante a tarde deste domingo.


Mais uma vez uma rodovia importante do estado fica interditada em um de seus trechos. É o segundo caso nestes últimos 9 meses. Em março do ano passado, em local próximo ao agora afetado, um outro bueiro foi danificado e só vários meses depois foi restabelecido o tráfego. Antes de se fazer um desvio ao lado, os transeuntes tiveram que percorrer muitos quilômetros para fazer o percurso Goiânia Iporá/Iporá Goiânia.


A prefeita Miriã Dantas, de Israelândia, mais uma vez entrou em ação para acionar o Governo de Goiás, através do órgão competente: Goinfra. O bueiro danificado está em área territorial de seu município. A prefeita afirma que desta vez a situação não deverá ser tão difícil quanto foi da outra vez, pois já existe uma empreiteira trabalhando na reconstrução desta rodovia, inclusive, refazendo pontes e bueiros. A empreiteira deverá priorizar essa recuperação imediata do bueiro agora danificado.

O que achou dessa Notícia?
5 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.