500 audiências estão programadas em Mutirão Previdenciário desta semana

03/06/2014
forum10.jpg

Desde segunda-feira, 2, com extensão até esta quinta-feira, 5, está acontecendo em Iporá o Mutirão Previdenciário do Poder Judiciário. Estão previstas para os 4 dias cerca de 500 audiências e 40 perícias médicas a serem realizadas e que vão desafogar o acúmulo de processos na área previdenciária. Segundo o juiz João Geraldo Machado, o caso mais frequente procurado é por aposentadoria de trabalhador rural por idade.


Uma equipe veio à Iporá para atuar no Mutirão Previdenciário, o qual é coordenado pelo juiz Reinaldo de Oliveira. Ele conta que essa é uma prática do TJ para ir ao interior acelerar o julgamento de processos. Segundo ele, a cada semana o Mutirão Previdenciário está em uma cidade do interior e no ato de decidir, concede-se ou não o benefício, de forma que é dada uma resposta ao cidadão, seja pelo sim ou pelo não.


No primeiro dia de Mutirão, na segunda-feira, foram despachados 132 processos. Destes, 94 foram resolvidos. Só na segunda-feira, dos processos que resultaram em benefícios a serem concedidos, resultam em 935 mil reais a serem injetados na cidade. É dinheiro de aposentadoria para quem merecia o benefício e ainda não dispunha deste.

O que achou dessa Notícia?
11 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

2 comentários

  • Sivaldo Pereira Cardoso 04/06/2014

    Dr. João está muito sobrecarregado, Iporá deveria ter no mínimo 3 (três) Juízes a exemplo de São Luís que se trata de instância inicial e têm 3 (três) Juízes, já Iporá/GO por ser uma instância intermediária teria que ter pelo menos a mesma quantidade de Juízes que tem em São Luís de Montes Belos/GO.
  • Valfrido Adriano Morbeck Barros de Souza 03/06/2014

    Não entendo Iporá, tem 02-03 Promotores, 03 delegados e somente 01 Juiz. Aí o Dr. João Geraldo não dá conta de.tantos processos.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.