Decreto Judiciário oficializa Valtenes Alves Garcia como Juiz de Paz

02/03/2021
valtenes-alves-garcia02032021.jpg

A Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) nomeou Valtenes Alves Garcia, Valquíria Bastos Silva e Deislaíne Magna Rodrigues Costa para exercerem, respectivamente, as funções de Juiz de Paz, 1º e 2º suplentes da comarca de Iporá, de entrância intermediária, pelo período de três anos. 


O Decreto Judiciário nº 140/2021 foi publicado recentemente no Diário da Justiça Eletrônico, Edição nº 3156, Seção I. Na verdade, Valtenes Alves Garcia já ocupa esta função há alguns anos, mas agora amparado em documento oficial.


Como Juiz de Paz já atuou em outras atividades. Atualmente, restringe-se em ser auxiliar para a celebração civil de casamentos, feitas em diferentes locais, quase sempre em finais de semana. 


A atuação de um Juiz de Paz é de colaborador com a Justiça, sem remuneração salarial, apenas com ajuda de custos para cada evento do qual participa. Profissionalmente, Valtenes é diretor administrativo na Câmara Municipal, responsável pelas leis, cargo ao qual chegou por meio de concurso público. 


Valtenes conta que sente uma motivação muito especial em atuar como Juiz de Paz, uma vez conviver com as famílias em um belo instante: na hora dos casamentos. Já são muitas emoções que viveu, interagindo em harmonia com a sociedade iporaense. 


Na ausência de Valtenes, atuam Valquíria Bastos Silva e Deislaíne Magna Rodrigues Costa, primeira e segunda suplentes, respectivamente.




Atuação do Juiz de Paz, Valtenes Alves Garcia, em casamento

O que achou dessa Notícia?
17 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.