JAUPACI: Juiz sentencia por retirada de quiosques da Praça da Rodoviária

04/06/2014
jaupaci-040614a.jpg

Uma questão que já vinha de algum tempo teve desfecho nesta semana, em Jaupaci. O Juiz Ricardo Teixeira Lemos, da Comarca de Israelândia, sentenciou pela retirada de estabelecimentos comerciais (pit dogs e quiosques) da Praça da Rodoviária de Jaupaci. Isso diz respeito a uma denúncia do Ministério Público de que sem que tenham documento de concessão, comerciantes usam ilegalmente daquele logradouro público para suas atividades, principalmente, na venda de bebidas e alimentação.


São cinco comerciantes que usam a praça, em número considerado até excessivo, acima da demanda de populares que recorrem ao local. A Promotoria, em atendimento à uma denúncia de tempos atrás, pediu à Justiça providências. A sentença exigiu que, em 24 horas, fossem removidos os estabelecimentos do local.


A reportagem do Oeste Goiano falou com o prefeito de Jaupaci, Absalon Batista Guimarães (PMDB), que disse que prontamente a Prefeitura passou a cumprir a determinação judicial. Acrescentou que a administração buscou um entendimento com a Justiça e isto foi possível, no sentido de obter um prazo mais elástico para a retirada dos estabelecimentos comerciais, com o objetivo de que nada seja danificado e possam ser reaproveitados materiais que existem nestes estabelecimentos.


Absalon afirma que nos últimos anos teve quem permitiu excessos de instalação de estabelecimentos comerciais na Praça da Rodoviária, o que, na opinião dele é um erro. “Deve haver um limite para o número de comerciantes no local”, afirmou. A reportagem não conseguiu contato com nenhum dos comerciantes desalojados, mas sabe-se que ficaram descontentes com esta decisão judicial.

FOTOS: Retirada de comerciantes


O que achou dessa Notícia?
4 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.