8 anos de descaso para com o Parque Municipal Ecológico, relembra idealizador

17/05/2020
parque-ecologico-de-ipora-8-anos17052020 (1).jpg

O PARQUE MUNICIPAL ECOLÓGICO DE IPORÁ há 8 anos era criado, em 17 de maio de 2012, Lei nº 1.501, projeto de lei de autoria do Poder Executivo (prefeito), à época Sr. José Antônio da Silva Sobrinho, que sensível ao projeto acadêmico de conclusão de Curso de Pós-Graduação em Responsabilidade Social e Ambiental, pela UniEvangélica de Anápolis, do serventuário do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, comarca de Iporá, Oívlis Áldrin Charles Morbeck Barros de Souza (Oívlis Morbeck), denominado “Recuperação e Conservação da Nascente Grota Seca” achou por bem criar o parque na área (de propriedade do município) objeto da pesquisa e projeto acadêmico.


O parque está localizado nas proximidades dos prédios da prefeitura municipal e da câmara municipal; e anexo ao prédio do Fórum da comarca, com 14.018,35m² de área e 8 pontos de nascentes (sendo uma perene, Nascente Grota Seca). Estima-se que existam atualmente no parque, em fase de crescimento 1.500 mudas, de aproximadamente 60 espécies diferentes do Cerrado.


“Mesmo com pequena área, localizada em uma região privilegiada (área urbana), próximo dos três poderes e de fácil acesso, isto não tem trazido ao parque benefícios, pois nestes 8 anos de existência pouquíssimo tem sido feito pelo município de Iporá junto ao parque que possa ser comemorado, pelo contrário”, palavras de Oivlis Morbeck, idealizador do Parque.


Os eventos ocorridos no parque, em sua grande maioria, para sua conservação e manutenção, têm sido realizados pela comunidade iporaense, voluntários que dedicam parte de seu tempo de descanso, de estar em família e lazer para lá fazerem algo a favor do parque, como plantando e coroando mudas, podando bambus que caem sobre as mudas, recolhendo lixo, fazendo roçagem manual e verificando a necessidade de plantio de novas mudas; estando as ações dos voluntários limitadas, em razão da área ser pública.


Neste ano eleitoral, 2020, espera-se que o Sr. Naçoitan Araújo Leite, prefeito municipal de Iporá, faça algo mais pelo parque, não se esquecendo de outras questões municipais; e também que os possíveis candidatos a prefeito e vereador do município incluam, em seus planos de governo e projetos, o Parque Municipal Ecológico, não se esquecendo do Parque da Cachoeirinha.


Oívlis Morbeck publicará, nos próximos dias e estará à disposição da comunidade, livro sobre o parque, com o título: “Parque Municipal Ecológico de Iporá: Do sonho à realidade”, impresso pela Editora Oeste Goiano.
As fotos que acompanham esta publicação foram tiradas em 15 de maio de 2020, pela manhã, por Oívlis Morbeck.

O que achou dessa Notícia?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

1 comentário

  • ARNON GERALDO FERREIRA 17/05/2020

    Parabens, amigo Oívlis Morbeck, pela luta em prol do meio ambiente, sito o mesmo que você em relaçao ao descaso por parte do poder publico, não só a nivel municipal mas bem como estadual e federal - com a falta de investimentos por parte das secretarias responsaveis ou que seja atraves do setor privado como temos feito. A minha luta será na obtenção de um compromisso por escrito com os candidatos a prefeito e bem como como o candidato a vereador que irei apoiar, verbal não aceito pois já nao acredito mais em promessas. Meu sonho é de termos um viveiro publico - privado para a fomentação e fornecimento de mudas para a criaçao dos parques - planejamento da arborização urbana correta - e bem como para os produtores rurais na recomposição das APPS - Area de Protençao Ambiental (Beira dos Corregos e outros). Companheiro a nossa Luta Continua e com a graça de DEUS temos sidos vitoriosos.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.