Ampliado número de espécies no Parque Municipal Ecológico de Iporá com plantio feito nesta quinta-feira

25/12/2020
b28b14a0-b7f1-4f40-bebf-5351dc2bebca25122020.jpg

Foram plantadas no Parque Municipal Ecológico de Iporá 7 mudas, sendo 1 de Guapuruvu, 2 de Angico e 4 de Baru, na tarde de 23 de dezembro de 2020, por Oívlis Morbeck, que também podou bambu tombado na porteira e capinou a entrada principal.


Pode parecer poucas mudas plantadas e pouca coisa feita no parque conforme acima relatado, como de fato é, mas o voluntariado no parque tem sido seu diferencial, em detrimento da inércia do poder público municipal de Iporá; pois o parque é do município de Iporá, criado em 17 de maio de 2012 (Lei nº 1.501), com área de 14.014,35m² e está localizado em área anexa ao prédio do fórum e próximo aos prédios da prefeitura (do gabinete do prefeito municipal é possível avistar, quase que tocar, o parque) e da câmara municipal.


O ano de 2020 está encerrando sem que o município de Iporá tenha praticado, até a publicação desta matéria, qualquer gesto concreto a favor do parque; diferente dos voluntários que com frequência dedicam parte de seu tempo, dinheiro e descanso para lá estar e tentar de alguma forma contribuir para a conservação e manutenção do parque, seja roçando, plantando mudas, limpando, capinando, fazendo acero e coroamento, coletando resíduos sólidos na área, enfim, uma gama de atitudes que demonstram a participação de parte da sociedade iporaense no cuidar da coisa comum, do bem público. Quem deveria ser o principal agente do parque (o município de Iporá), é omisso, restando ao voluntariado esta tarefa e responsabilidade, que não lhe cabe.


Oívlis espera que na nova gestão municipal (prefeito) e legislatura (vereadores), que se inicia em 1º de janeiro de 2021, os agente públicos de Iporá tenham interesse em cuidar, conservar e implementar o parque, ajudando e contribuindo concretamente na transformação daquela área, fazendo com que o parque cumpra sua função socioambiental para o qual foi criado (sem falácias), possibilitando o acesso da comunidade, construindo infraestrutura para receber a sociedade em geral, estudantes, cientistas, acadêmicos e pesquisadores.


Independente das dificuldades enfrentadas pelo Parque Municipal Ecológico de Iporá, o mesmo é uma realidade no nosso município e um exemplo que é possível recuperar áreas degradadas, o que nos anima a acreditar e sonhar que melhores dias virão para o parque e para outras questões e temas socioambientais do município de Iporá; só o futuro dirá e que ele nos surpreenda.

O que achou dessa Notícia?
3 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.