Após repreensão em ribeirinhos do Córrego Santo Antônio abastecimento de água em Iporá mostra um certo alívio

25/10/2017
barragem-da-saneago25102017.jpg

Imagem do Google Earth das proximidades da barragem

Como efeito das ações anteriores, o abastecimento de água na cidade de Iporá mostra um certo alívio, operando o sistema com vazão de 90 litros por segundo. Essa captação chegou a ser só de 70 litros por segundo. A cidade está sendo abastecida com certa normalidade. A afirmação é de João José Gomes Dias, diretor regional da Saneago, que adverte que não se pode baixar a guarda já que a situação de extremo alerta. Ele diz que a espera de chuvas é que vai fazer a boa diferença. Há uma previsão de boa chuva para esta quarta-feira, 25, para a região de Iporá.

A direção regional da Saneago fala agora em visitar, cadastrar e agir quanto a ribeirinhos na parte mais alta do córrego que estejam transgredindo na forma de uso de água. Fala-se muito em Iporá sobre o projeto de lei que vai permitir muitas ações na bacia do manancial que abastece a cidade. Ao norte o que será feito leva-se muito em conta estudos feitos por Derick Martins Borges de Moura, técnico que pesquisou sobre a bacia, trouxe ao poder público itens a serem incluídos no projeto para que o torne mais eficaz.

Ele cita que, além de cercas em nascentes e margens, pode-se prever no projeto curvas de nível no solo e bacias de contenção ao longo de estradas. É dito sobre a necessidade da existência de um Conselho Municipal de Meio Ambiente para que esteja vigilante quanto à essa área. O prefeito Naçoitan Leite já apresentou para todos o jovem Alexandre Teixeira Lopes, de formação na área ambiental, e que passa a ser funcionário da Prefeitura para atuar exclusivamente no assunto. 


O que achou dessa Notícia?
16 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

1 comentário

  • Oívlis Áldrin Charles Morbeck Barros de Souza 25/10/2017

    O problema da água e todos os problemas socioambientais, merece de todos uma atenção especial, pois os recursos naturais são finitos e a água (elemento essencial da vida), a despeito de ser renovável, deve ser usada racionalmente.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.