O PROBLEMA DO LIXO EM CIDADES DA REGIÃO. Prefeitos iniciam a articulação por ações coletivas para destinação do lixo

01/12/2018

Prefeitos iniciam a articulação coletiva para a destinação de lixo



Prefeitos reagem... Querem agir em consórcio intermunicipal para aterro sanitário. Na foto, Sílvio Isac (Amorinópolis), Fábio Seabra (Ivolândia), Valéria Ferreira (Diorama), Ovarci Vilela (Arenópolis), sendo recepcionados por Naçoitan Leite, administrador de Iporá.


Uma reunião de prefeitos na manhã desta sexta-feira, 30, no auditório da Câmara Municipal de Iporá, serviu como arrancada para a criação de uma entidade com finalidade ambiental, sendo a pretensão maior a escolha de um local em comum para a destinação do lixo das cidades. Estiveram na reunião os prefeitos: Sílvio Isac (Amorinópolis), Fábio Seabra (Ivolândia), Valéria Ferreira (Diorama), Ovarci Vilela (Arenópolis), sendo recepcionados por Naçoitan Leite, administrador de Iporá. Em dias anteriores, para se obter o êxito da reunião, o prefeito enviara como seu porta voz o secretário de meio ambiente, Alexandre Teixeira Lopes, para visita em municípios circunvizinhos, a fim de mobilizar pela participação na reunião desta sexta-feira.


O próprio secretário de meio ambiente coordenou a região, dando a oportunidade aos administradores se manifestarem sobre a questão de destinação de resíduos sólidos. Os prefeitos presentes manifestaram em unanimidade com afirmação a respeito da dificuldade que realmente é essa questão do lixo em cidades e posicionaram-se em favor de um consórcio intermunicipal para a criação de um aterro sanitário que sirva para estes municípios ou até outros, além destes.
A reunião foi apenas o passo inicial para algo que demanda tempo, muito diálogo e esforço. Os prefeitos mostraram-se motivados no final da manhã, com essa possibilidade de união de municípios em prol de solução da questão do lixo, esperando contar até com apoio de instâncias do poder estadual ou federal.


Os prefeitos ouviram de Marcelo Siqueira, presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente em Iporá, uma explicação detalhada sobre gestão de resíduos sólidos. Foi enfatizado por ele sobre as possibilidades de reciclagem, quando mostrou o funcionamento em Iporá de uma associação de catadores, que está em plena atividade na cidade.
Está previsto que em breve haverá uma outra reunião sobre o assunto, a fim de que avance o esforço por criação de entidade municipalista para fins ambientais e de estruturação de consórcio intermunicipal para destinação comum de lixos das cidades da região.

O que achou dessa Notícia?
7 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.