Idealizador de Parque pede engajamento de políticos em luta ambiental

25/09/2020
img-20200924-09303925092020.jpg

Em sessão na Câmara Municipal de Iporá na manhã de 24 de setembro, o serventuário do Tribunal de Justiça do estado de Goiás – comarca de Iporá, Oívlis Áldrin Charles Morbeck Barros de Souza fez uso da Tribuna do Povo, após ofício solicitando sua utilização formulado em conjunto pelas lojas maçônicas de Iporá: União de Iporá e Paz e Trabalho.


Oívlis Morbeck falou sobre o Parque Municipal Ecológico de Iporá, que o acompanha há mais de 10 anos, desde agosto de 2010, quando não passava de projeto acadêmico de conclusão de curso de Pós-Graduação em Responsabilidade Social e Ambiental pela UniEVANGÉLICA de Anápolis, denominado Recuperação e Conservação da Nascente Grota Seca, que culminou com a criação do parque em 17 de maio de 2012, por meio da Lei nº 1.501.


Durante sua fala ressaltou que com a recuperação da área degradada do parque houve aumento da área verde da cidade, aumento do sombreamento, melhora da umidade e diminuição da temperatura dos frequentadores dos prédios do fórum, da prefeitura municipal, da câmara municipal, dos mora-dores próximos ao parque e do imóvel rural que faz divisa com o parque, além do aumento das águas que brotam de suas nascentes, aumento da absorção de gás carbônico, aumento da produção de oxigênio, melhora da qualidade do ar, as árvores ajudam na absorção de ruídos, absorção da água da chuva, diminuição da poluição sonora e filtragem do ar, além do que com a recomposição florestal várias espécies da fauna passaram ou voltaram a frequentar a área do parque e a flora teve signi-ficativa melhora com a recomposição florestal.


Falou também sobre o livro, de sua autoria, “Parque Municipal Ecológico de Iporá: Do sonho à rea-lidade”, lançado em 5 de junho de 2020, registrando parte da história do parque de setembro de 2010 a junho de 2019, que teve sua edição esgotada.


Em razão das eleições municipais pediu para os candidatos a prefeito e vereador incluíssem em seu programa e propostas o Parque Municipal Ecológico de Iporá e o Parque Cachoeirinha.


Ao final convidou todos (poder público municipal e a sociedade) a se unirem no sonho de transformar o projeto do parque em referência regional, estadual, nacional e internacional, começando a partir de agora, praticando gesto concreto a favor do PARQUE MUNICIPAL ECOLÓGICO DE IPORÁ para vivermos em um ambiente e planeta terra (nossa casa comum) melhor e mais saudável para todos, utilizando a máxima “pensar global e agir local”.

O que achou dessa Notícia?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.