Missa enfoca questão ambiental, o risco de falta de água e o cerrado

12/09/2013
pastoral-do-meio-ambiente.jpg

Na noite de ontem, 11, na Igreja Matriz Nossa Senhora Auxiliadora, em Iporá, aconteceu celebração para comemorar o Dia Nacional do Cerrado. 


A celebração, a cargo do padre interino em Iporá Marcos Rogério Luchesi, teve a participação da Pastoral do Meio Ambiente, que após a bênção final e de alguns elementos da natureza (água e terra) e de uma muda do cerrado, Ipê Amarelo, que foi plantado na Praça João Paulo II, participou efetivamente do plantio da muda), como ato simbólico de preocupação da Pastoral, da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora e da comunidade católica local em preservar este bioma, que é o segundo maior das américas e o maior em biodiversidade do mundo, mas não é protegido pela Constituição Federal de 1988.


Oivlis Áldrin Charles Morbeck Barros de Souza, coordenador da Pastoral do Meio Ambiente, em entrevista à imprensa, disse que a água é preocupação da Igreja. No caso de Iporá, há preocupação com o abastecimento de água à cidade por meio do Córrego Santo Antônio, que abastece a cidade e que tem uma bacia muito devastada e por isso o que vem ocorrendo é a diminuição da vazão. Sobre esse assunto o Oeste Goiano vem fazendo uma série de reportagens, mostrando a preocupação com o assunto. Será que não vai faltar água no futuro? Essa é a pergunta que não quer calar.


A Pastoral do meio ambiente foi criada na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Iporá, em dezembro de 2012 e implementada em abril de 2013. As reuniões são todas as segundas quintas-feiras do mês e a próxima será na data de hoje, 12, a partir das 19 horas, na Sala Padre Wiro, na Praça João Paulo II. Oivlis afirma que todos são convidados a participar e a engajar nesta luta. A PASTORAL DO MEIO AMBIENTE possui dentre seus principais objetivos despertar e motivar para a importância da conscientização pela preservação socioambiental, formando uma sociedade socialmente responsável, na busca de um mundo melhor para esta e as futura gerações.

Ato de plantio de ipê amarelo na Praça João POaulo II após a celebração

O que achou dessa Notícia?
9 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

2 comentários

  • Oívlis Áldrin Charles Morbeck Barros de Souza 12/09/2013

    Obrigado pelas palavras Marledes Lima. A Pastoral do Meio Ambiente se coloca a disposição da comunidade para ajudar neste processo de mudança de postura para com o meio ambiente, indo de encontro ao projeto de Deus.
  • Marledes Lima 12/09/2013

    mais pessoas deveriam toma iniciativas como esta,parabéns aos organizadores!

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.