UEG de Iporá investe em projeto de cultivo de mudas nativas

07/03/2018
projeto-de-mudas-nativas-na-ueg07032018.jpg

Produção de mudas nativas passa a estar em evidência no Campus de Iporá da Universidade Estadual de Goiás (UEG), com vagas abertas para participação de seus acadêmicos nesse projeto de extensão.


A UEG prevê que nesse ano será desenvolvido o projeto de extensão produção de mudas nativas, que tem por objetivo ofertar uma proposta de formação docente em Educação Ambiental crítica, interdisciplinar e contra hegemônica para discentes matriculados nos cursos de graduação da UEG Câmpus Iporá, utilizando como estratégia principal capacitar os participantes para desenvolver ações de produção e plantio de mudas nativas do Cerrado com estudantes da Educação Básica.


As atividades que serão desenvolvidas ao longo do ano incluem:


Leitura de textos (artigos e livros) que abordam a proposta do projeto;
Encontros presenciais de formação;
Aulas campo;
Ensino de técnicas para coletar sementes e produzir mudas de plantas nativas do Cerrado;
Desenvolvimento de mutirões para manutenção do viveiro do projeto, semeaduras, manejo e plantio de mudas em áreas degradadas do município de Iporá;
Planejamento e execução de atividades sobre Educação Ambiental com estudantes da Educação Básica.


Serão disponibilizadas até 20 vagas para o ingresso de acadêmicos dos cursos de licenciatura existentes no Câmpus Iporá. Os interessados deverão se inscrever para participar da seleção da equipe do projeto, entre os dias 26/02 a 07/03, das 8h30min às 22h, na Secretaria do Câmpus Iporá. Para se inscrever, os acadêmicos deverão fornecer o nome completo e sem abreviatura, informar curso e período em que estão matriculados, e-mail e número de telefone.


A seleção dos integrantes ocorrerá no dia 09/03 (sexta-feira), às 8:00 na sala 01. A seleção ocorrerá em duas etapas:


1ª etapa – Participação da reunião geral de apresentação da proposta do projeto. O inscrito que tumultuar essa etapa, chegar 20 minutos após o horário de início ou não comparecer à reunião, está automaticamente eliminado da seleção.


2ª etapa – Entrevista dos candidatos. Os candidatos que participarem da reunião geral serão entrevistados separadamente e por ordem de chegada à reunião geral. A entrevista consiste em verificar se os acadêmicos inscritos na seleção apresentam os requisitos necessários para participar do projeto de Extensão.


O resultado dos candidatos aprovados e da lista de espera será divulgados no dia 12/03.

O que achou dessa Notícia?
4 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

1 comentário

  • ARNON GERALDO FERREIRA 08/03/2018

    Parabens pela iniciativa desta instituição e queremos participar deste projeto pois o maior anseio nosso quando plantadores seringueira é não termos um viveiro local esse foi e é um dos motivos que me fizeram para o trabalho de expansão do projeto seringueira, mas apartir de setembro deste quando iniciaremos a extração e bem como agora produzimos sementes para a confecção de mudas temos a intenção da criação conjunta de um viveiro, com UEG, IEF e quem mais quiser participar dessa retomada apartir de setembro.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.