Assassino de funcionárias do motel foi localizado e morto em confronto

15/09/2020
bandido-morto-a-tiros-pela-policia15092020.jpg

Tony Henrique: morto em confronto na zona rural

Tony Henrique foi morto em um confronto com a Polícia, uma vez ter sido localizado e resistido à prisão. No confronto com troca de tiros, ele morreu. 


Neste final de semana passado ele cometeu ato bárbaro, quando adentrou em motel de Caiapônia e para levar um mil e quinhentos reais assassinou duas funcionárias e tentou apagar os vestígios do crime.


Mas o serviço de inteligência da Polícia Militar atuou de forma eficiente, identificando quem seria o bandido. Iniciadas as buscas, ele foi localizado nesta segunda-feira, 14.


Na cascalheira da ponte do monte, há 12km piranhas, numa lavoura de soja, os militares avistaram o elemento de roupa de cor preta, carregando algo. Ele caminhava em direção ao secador. Por reagir a prisão, o confronto resultou na morte de Tony Henrique, elemento com outras passagens pela polícia.


O fato


Trata-se de um homicídio duplo dentro de um motel de Caiapônia. Duas mulheres foram encontradas mortas dentro da cisterna do Delirius Motel, saída para Palestina de Goiás.


Tudo começou quando, na tarde deste sábado, 12, a filha de uma das mortas não conseguiu falar com sua mãe, a qual trabalhava no referido motel. Notou que o motel estava fechado. Recorreu à Policia Militar.


O dono do motel foi informado do fato. Porém, não tinha as chaves do local. Os militares pularam o muro e um chaveiro da cidade teve que ser acionado para que os policiais pudessem acessar as dependências internas do motel.


Vários indícios de crime foram encontrados no local e, dentro de uma cisterna encontrados os corpos de duas mulheres que trabalhavam no local: Simone de Jesus Garcia e Cleides Fernandes Cavalcante.


Foram acionados o Corpo de Bombeiros de Jataí para a retirado dos corpos e o Instituto Médico Legal (IML). Lençois sujos de sangue tinham sido jogados para fora das dependências do motel e o sistema de filmagem interno também retirado. O autor destes homicídios subtraiu das vítimas R$ 1.500,00 reais.


A vítima Simone de Jesus Garcia tem 53 anos e é filha de Manoel Raimundo Garcia e Maria de Jesus. Ela nasceu em Araçu, Goiás. A segunda vítima, Cleides Fernandes Cavalcante, tem 52 anos. Nasceu em Fortaleza, no Ceará.

O que achou dessa Notícia?
20 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.