Preso suspeito de estupro e incêndio em Iporá

31/07/2019
suspeito-de-estuprar-menina-e-incendiar-casa-ipora31072019.jpeg

O homem é ex-companheiro da mãe da garota. Segundo o delegado, ele já foi preso duas vezes por agressão à mulher.


Sob suspeita de estuprar uma menina de 12 anos e colocar fogo na casa da vítima, M.S.A.S, de 34 anos, foi preso na manhã da última segunda-feira (29) em Iporá. O suspeito é ex-companheiro da mãe da menor. Segundo Ramon Queiroz, delegado à frente do caso, o homem já foi preso por duas vezes por agredir a mulher. Ele saiu da prisão há cerca de quatro meses.


De acordo com o delegado, os abusos começaram pela manhã. Eram 7h quando o homem invadiu a casa no bairro Umuarama para praticar o crime. “A menina acordou assustada, enquanto o homem praticava sexo oral nela”, revela Queiroz. Em um momento de distração do indivíduo, porém, a garota conseguiu correr e pedir ajuda aos vizinhos, que chamaram a polícia. Enquanto isso, o homem ateou fogo à casa e fugiu.


Ele foi detido por policiais militares na região do Rio Santa Marta e resistiu à prisão. Com ele, foram apreendidos dois celulares e três calcinhas da vítima.


O suspeito foi encaminhado à delegacia da cidade, onde responderá por crimes de estupro de vulnerável e pelo incêndio. “Em depoimento o homem alegou ser inocente em relação ao estupro”, diz o delegado. A mãe da vítima também foi ouvida pela polícia e disse apenas que não estava em casa no momento do crime.


Larissa Lopes (Mais Goiás)

O que achou dessa Notícia?
9 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.