Quem tinha a obrigação de combater o crime é que é preso

14/04/2019

É de Piramhas um policial civil que foi preso nesta semana que terminou. Nos últimos dias, ele estava trabalhando no policiamento civil em Aragarças, já transferido por suspeita de atos ilegais dele em Piranhas, cidade onde exerceu a profissão por alguns anos.


Trata-se de Maurício Gomes Nunes. Ele é acusado de Corrupção Passiva, Associação e Denunciação Caluniosa.

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), por meio da Gerência de Correições e Disciplina, o prendeu e ele está na Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), em Goiânia.


A ação para apurar os supostos crimes de Maurício é da Corregedoria da Polícia Civil, a qual emitiu a seguinte nota a respeito da prisão do policial:


A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Gerência de Correições e Disciplina, prendeu preventivamente, na manhã de hoje, dia 12/04/2019, o policial civil Mauricio Gomes Nunes”, atualmente lotado em Araguarças – GO, e ainda o indivíduo *Uelson Ferreira dos Santos, que são investigados pela prática de crimes de Corrupção Passiva, Associação Criminosa e Denunciação Caluniosa, crimes esses praticados na cidade de Piranhas – GO e região. A investigação está sendo conduzida pelo 2º Cartório de Investigação Preliminar da Corregedoria da Polícia Civil, sob coordenação do delegado corregedor Gil Fonseca Bathaus.

O que achou dessa Notícia?
39 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.