PMDB de Iporá tem credibilidade, diz Daniel Vilela em visita

18/12/2014
daniel-vilela-em-ipora.jpg

Daniel Vilela na redação do Oeste Goiano, durante entrevista

Nesta quarta-feira, 17, o deputado federal eleito pelo PMDB, Daniel Vilela, em visita à Iporá, contactou lideranças políticas e populares para expressar seu agradecimento pelos mais de 800 votos obtidos na cidade, na eleição de 5 de outubro. Ele teve o apoio oficial do Diretório local do PMDB. As mais expressivas lideranças desse partido recepcionaram Daniel Vilela que deixa sua vaga na Assembleia Legislativa para ir para Brasília representar o povo goiano no Congresso Nacional.


"O PMDB de Iporá tem credibilidade", disse Daniel Vilela ao Oeste Goiano, ao ser entrevistado durante visita à redação. Ele agradeceu os votos, afirmando que o PMDB de Iporá é formado por pessoas de bem e foi uma honra contar com esse apoio, tanto do PMDB de Iporá, quanto de Diorama, Israelândia e Moiporá.


Daniel Vilela refirmou seu compromisso de lutar por Iporá por meio de emendas parlamentares. Ao ser perguntado sobre o futuro político, se a condição de jovem, de já ser um deputado federal eleito, e na condição de filho de ex-governador, se almeja seguir os mesmos caminhos do pai, ele afirmou que é cedo para fazer previsões nesse sentido, porém, enfatizou que de tudo fará para continuar contando com a confiança do povo goiano.



Depois de se reunir com peemedebistas na Mansão Casa Verde e passar pela redação do Oeste Goiano, seguiu para Diorama, onde participou do aniversário da cidade.

O que achou dessa Notícia?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

1 comentário

  • Moizeis A. Gomis. 19/12/2014

    Caro Rozinonavales, compreendo sua desilusão e indignação, pois também tenho o mesmo sentimento sobre a realidade político-partidária de nosso país. Não me leve a mal em apenas acrescentar uma observação pertinente ao seu sucinto e sincero comentário. Um partido, como qualquer outra instituição, seja ela política, militar, civil, religiosa, etc, é, intrinsecamente, amoral - não é nem boa e nem ruim - mas sãos as pessoas que o compõem que maculam o nome da sigla: trata-se de questão moral de parte dos indivíduos, pois nem todos os membros de uma instituição envolvida em escândalo, são antiéticos ou corruptos.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.