Após segunda morte por Covid-19, gestão reage com barreiras sanitárias

19/05/2020
60e9831c-4b4b-42fb-9dbd-63a2f71dcb3519052020.jpg

Uma das barreiras é na chegada de quem vem de Caiapônia

A Prefeitura de Iporá, através da Secretaria Municipal de Saúde e em parceria com a Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Tiro de Guerra, está realizando barreiras sanitárias em entradas da cidade de Iporá.


A ação tem a ver com a pandemia do Coronavírus. Foram duas mortes de iporaenses, mas de pessoas que tinham outras complicações de saúde.


Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, essas barreiras sanitárias são ações de prevenção e de orientação em três entradas da cidade. O objetivo é prevenir um possível contágio da COVID-19 por quem entra na cidade, monitorando a temperatura e sintomas suspeitos.


Não foi informado precisamente sobre o conteúdo das ações nas barreiras, mas sabe-se que nestas ocasiões, geralmente, os profissionais da saúde pública fazem a escuta de motoristas e passageiros de motos e carros, abordados de forma aleatória, e aplicam um questionário.


Eles perguntam se a pessoa teve contato com algum paciente com suspeita ou confirmação de Covid-19 e se apresentou sintomas, como dor de garganta, tosse e perda de olfato e paladar. Todas as respostas são registradas em formulário pelos profissionais.


Eles também medem a temperatura corporal dos entrevistados e orientam sobre o uso correto de máscaras e outras medidas de prevenção. A abordagem é rápida, com menos de um minuto em cada motorista.

O que achou dessa Notícia?
16 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.