Chega a 94 o número de mortes por Covid em Iporá

29/05/2021
covid-e-mortes-329052021.jpg

Em quase treze meses depois da primeira morte de Iporaense por Covid-19, o número de vítimas fatais da pandemia em moradores da cidade chega a 94. Dentre estes, muitos que são pessoas conhecidas em Iporá. Em cada morte, luto de familiares e tristeza de amigos e moradores da cidade. Em algumas delas, grande comoção na sociedade, de vidas que se foram ainda no vigor de anos em que as pessoas estavam atuantes em seus afazeres profissionais  e desfrutando normalmente do convívio dos seus. 


Os óbitos por 100mil hab. em Iporá são 298,12. A totalidade de casos confirmados é de 2.982. Atualmente, os casos suspeitos são 262.  O momento é de iporaenses hospitalizados, na luta contra a doença. Alguns em Iporá e outros em hospitais fora da cidade. 


Quanto a vacina em Iporá a primeira dose foi aplicada em 10.372. A segunda dose foi aplicada em 4.624 pessoas. Percentual Vacinados 1ª Dose: 32.89%. Percentual Vacinados 2ª Dose: 14.66%. Total de Doses Distribuídas: 16.200. Em Iporá a vacinação ocorre para os cormobidades e inicia-se também a vacinação para os da área de educação de 50 anos ou mais. 


De Polícia Militar nas ruas, é feito o trabalho de orientação e até punição para os que desrespeitam as medidas sanitárias deste tempo de pandemia. A PM tem atuado muito em apoio a equipe de Vigilância Sanitária do Município. 



Para evitar a propagação da COVID-19, faça o seguinte:



Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool em gel.


Mantenha uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.


Use máscara quando não for possível manter o distanciamento físico.


Não toque nos olhos, no nariz ou na boca.


Cubra seu nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar.


Fique em casa se você se sentir indisposto.


Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

O que achou dessa Notícia?
13 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente