Em meio a chateação de não ter recebidos balancetes CS faz reunião

01/12/2013
valdeci jose de lima 011213b.jpg

Valdeci Lima: Presidente do Conselho de Saúde

Nesta segunda-feira, 17 horas, os conselheiros de saúde de Iporá ocupam mais uma vez sala na secretaria municipal da área para fazer reunião ordinária mensal. Entre os conselheiros, muito aborrecimento! Valdeci Lima, presidente do Conselho de Saúde, conta sobre a decepção de conselheiros que até hoje nunca receberam, conforme manda a lei, cópia dos balancetes da área de saúde quanto a gestão que começou em primeiro de janeiro deste ano, dificultando, com isso, a tarefa de fiscalização.


É nesse clima de descontentamento que os conselheiros voltam a se reunir. A pauta principal é sobre a apresentação do Relatório de Gestão com referência ao ano de 2012. Mas Valdeci Lima adianta que essa falta de documentação contábil para análise deve voltar a ser enfocada pelos conselheiros.


O presidente do CS conta que os balancetes da área de saúde foram solicitados por dois ofícios. Só um demonstrativo de receitas e despesas foi enviado: inicialmente, do primeiro quadrimestre e, depois, do segundo quadrimestre. Ele diz que o correto seria o envio completo das contas, o que implica em notas fiscais, empenhos, convênios, contratos, etc... Isso não foi feito. O Conselho de Saúde tem uma Comissão de Fiscalização, encarregada de analisar as contas para sua aprovação ou não. Sem a totalidade dos documentos, os que estão incumbidos da tarefa precisam ir ao Controle Interno da Prefeitura para acessar os papéis. No entanto, duas dificuldades existem: primeiro, porque o sala do Controle Interno oferece pouca comodidade para esse trabalho. Segundo, porque o Controle Interno fica aberto só em horário comercial e como o trabalho de conselheiros é feito de forma voluntária e todos possuem suas ocupações profissionais, fica difícil disponibilizar tempo para ir a aquele local. Valdeci Lima conta que o ideal é que o Conselho de Saúde tivesse todos os documentos consigo, pois a análise das contas poderia feita em sua sede própria.


O presidente do Conselho de Saúde foi convocado para uma sessão da Câmara de Iporá a se realizar no dia 11 de dezembro. Os vereadores querem ouvir dele sobre informações na área de saúde. Uma das reclamações que pretende levar é esta de que falta transparência para que as contas da saúde pública de Iporá possam ser melhor conhecidas.

O que achou dessa Notícia?
18 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente