Secretaria de Saúde de Iporá dá explicações sobre o problema para inscrição no Programa “Mais Médicos”

10/08/2013
ipora-saude-10.jpg

A Medida Provisória, que instituiu o programa Mais Médicos, criado com o objetivo de aumentar a cobertura de profissionais nos municípios Brasileiros, foi publicada no dia 09 de julho de 2013, no Diário Oficial da União. 


O Programa Mais Médicos tem como meta levar profissionais para atuar durante três anos na atenção básica à saúde em regiões pobres do Brasil, como na periferia das grandes cidades e em municípios do interior.


Apesar da grande divulgação nacional para que as cidades aderissem ao Programa Mais Médicos, muitos municípios prioritários reclamaram de problemas na hora da inscrição.


Segundo a Secretaria de Saúde, Iporá é uma cidade que precisa de mais profissionais, assim como muitos outros municípios do Estado e do País. Por esse motivo optamos por aderir ao programa, justamente para melhorar o atendimento da população, só que não conseguimos, devido a problemas na hora da inscrição, lentidão na operação, e quando era preenchido o formulário o mesmo não concluía, pois o sistema do programa Mais Médicos travava, caindo a conexão e assim não finalizando nossa intenção.


Devido à dificuldade enfrentada, e junto com a coordenadora da Atenção Básica, entramos em contato via telefone com a equipe de técnicos do Estado e do Ministério, relatando a dificuldade em operar o sistema, fomos informados que um dos motivos poderia ser o grande número de acessos para realizar a adesão ao Programa. Foi solicitando que continuássemos tentando.


O próprio Ministério reconheceu que houve “mau uso do sistema – para o cadastro da adesão”, um dos fatores que dificultou a realização do mesmo com sucesso, além do curto período de tempo disponibilizado pelo Ministério para fazermos a adesão.


Aguardamos posicionamento do Ministério quanto à prorrogação ou não para realizarmos a adesão, fato este que já ocorreu com outros programas do Ministério.


Prefeitura de Iporá, A Capital do Oeste de Goiás

O que achou dessa Notícia?
0 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente