Médico iporaense Sérgio Barros ministra videoaula em parceria com a Sociedade Americana de Ecocardiografia

25/05/2020
sergio25052020.jpg

Evento é considerado pelo médico um marco em sua carreira profissional


O médico iporaense Sérgio Barros ministra no próximo dia 27 de maio uma videoaula para profissionais da área de cardiologia sobre os impactos causados pelo trabalho diário do ecocardiografista. O evento será transmitido pelo site da Sociedade Americana de Ecocardiografia (www.asecho.org/), às 18h30 (horário de Brasília).


Sérgio Barros, que compõe a equipe de especialistas em ecocardiografia dos hospitais Israelita Albert Einstein e Sírio Libanês e é médico assistente do Instituto do Coração (InCor), avalia a videoaula e a parceria com a entidade americana como um marco em sua vida profissional. “Sem sombra de dúvida é um momento muito especial. Aceitei esse convite com muito carinho e me sinto honrado pela oportunidade de dividir meu conhecimento com profissionais de vários países ao lado de uma entidade tão importante para nossa categoria como é a Sociedade Americana de Ecocardiografia", afirma.


O médico explica que, assim como muitas outras profissões, o ecocardiografista também apresenta lesão por esforço repetitivo durante a sua árdua carga horária. “Esse esforço afeta nervos, ligamentos, tendões e gera também um impacto físico e mental muito grande no profissional. Nos Estados Unidos, cerca de 80 a 90% dos ecocardiografistas apresentam este tipo de lesão que pode acarretar em gastos de cerca de 20 bilhões de dólares anuais com despesas médicas e reivindicações de compensações, e muitas vezes resulta no fim precoce da carreira do ecocardiografista”, afirma.


Com objetivo de levar mais informação e contribuir para a atualização profissional de colegas de profissão, o médico ministrará ainda nos próximos meses dois novos cursos voltados para a atualização em ecocardiografia no Instituto Cardiopriori, em parceria com o professor Wilson Mathias.


 Planos


Casado com a também cardiologista Lara Barros, Sérgio reside em São Paulo e já estuda convites para retornar a Goiás, para a alegria de seus pais, o oftalmologista Sérgio Gomes e a pecuarista Themis Barros, que moram em Iporá. “Minha família ficaria muito feliz com a vinda do meu filho para mais perto de nós e, além disso, acredito que seria um ganho para a Saúde de nosso Estado e quem sabe de nossa cidade. Temos grandes profissionais em Iporá e o Sérgio acrescentaria ainda mais conhecimento e serviços para nossa população”, avalia a mãe do jovem médico.


O médico destaca o carinho que vem recebendo, por meio de suas redes sociais, dos seus conterrâneos. “Faz toda a diferença em nossa caminhada quando temos pessoas que torcem por nós. Agradeço de coração por todo esse carinho e por poder compartilhar mais esse passo importância da minha carreira" ressalta.


Currículo


Além de compor a equipe de especialistas em ecocardiografia dos hospitais Israelita Albert Einstein e Sírio Libanês e Instituto do Coração (InCor), Sérgio Barros é médico Research Collaborator da Mayo Clinic, Rochester, USA, considerado o melhor hospital dos Estados Unidos pelo U.S. News & World Report - organização responsável por rankings na área da educação e saúde nos EUA – e melhor hospital do mundo pela revista Newsweek (edição 2020).


Graduado em medicina pela Faculdade de Medicina de Petrópolis e com validação do diploma médico nos EUA pela Educational Commision for Foreign Medical Graduates – ECFMG, Sergio Barros possui Fellowship Clínico em Ecocardiologia pela Mayo Clinic e Research Fellowship em Ecocardiografia também pela Mayo. Ele é Level III in Advanced Echocardiography, com titulação americana em ecocardiografia (FASE). É membro do Mayo Clinic Alumni Association, Sociedade Americana de Cardiologia (ACC), e Sociedade Americana de Ecocardiogragia (ASE).


 No Brasil, Sergio Barros é especialista em cardiologia e eletrofisiologia pela Beneficência Portuguesa e Dante Pazzanese de Cardiologia e ecocardiografia pelo Instituto de Radiologia da Faculdade de Medicina de São Paulo, Universidade de São Paulo (USP). É pós-graduado em medicina do Tráfego pela USP e Terapia Intensiva para Adultos pelo Hospital Albert Einstein, titulado pela Sociedade Médica Brasileira em medicina do Tráfego, cardiologia e ecocardiografia.


 Atua ainda como médico pesquisador na área da ecocardiografia e doenças cardiovasculares, é autor de 40 publicações em jornais internacionais de alto impacto científico, como o Jornal da Sociedade Americana de Ecocardiografia, Jornal de Imagem do Colégio Americano de Cardiologia e Jornal Europeu da Imagem do Coração. Também é autor de 2 capítulos de livros e possui inúmeras participações em congressos nacionais e internacionais, incluindo 4 premiações internacionais, uma delas o de melhor poster pelo American College of Cardiology 2018, 67th Scientific Session.

O que achou dessa Notícia?
27 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.