Vereadores retomam sessões enfatizando gravidade da Dengue em Iporá

17/02/2014
gumercino-francisco-fio-170214.jpg

Vereador Fio na Tribuna: Preocupação com a Dengue

Nesta manhã de segunda-feira, 17, a Câmara de Vereadores de Iporá reabriu seus trabalhos. Foi a primeira sessão ordinária do ano de 2014, agora tendo Aurélio Fábio Teixeira (PTB) como presidente.


A intensidade da Dengue foi o principal assunto a ser exposto pelos vereadores. Eles demonstram preocupação. O número de casos é assustador. Culpam a Administração de não estar cumprindo bem o seu papel. Disseram que precisava ter sido feito um trabalho preventivo anteriormente, já que as larvas do mosquito existiam antes e não sofreram o necessário combate. Se isto tivesse ocorrido, não haveria a gravidade de momento, quando Iporá é das cidades com maior incidência de Dengue em Goiás.


Foi dito em sessão que nas proximidades das duas faculdades da cidade (FAI e UEG) existe um local onde a Prefeitura está depositando lixo e o qual está se tornando um lixão, permitindo a proliferação do mosquito transmissor da Dengue. Os vereadores que levantaram a voz pedindo providências quanto a gravidade da Dengue foram: Gumercino Francisco (PPS), Paulo Alves (PT), Valdomiro Alves (PT), Rodrigo Marques (PPS), Duílio Siqueira (PSDB) e Elione Alves (PMDB). Alguns frisaram que, ao invés de se fazer ações preventivas, a gestão está pensando só em festa, no “estilo oba oba e pão e circo”.

O que achou dessa Notícia?
33 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.