À todas às mulheres de Iporá e da região

27/02/2015


Ela representa elas!


Aqui está Dona Magnólia da Hora Santos, de 78 anos.

Escolhemos a mulher sofrida, gente do povo, gente humilde, uma catadora de latinha e que trabalha em casa e nos eventos para ganhar o seu pão.


É catando latinhas que essa iporaense ganha o seu dinheiro, nas noites, até nas madrugadas... Por exemplo, nos dias de Encontro dos Muladeiros, lá estava ela... Até dormiu no Parque Agropecuário para aproveitar o tempo, catar latinhas, vendê-las e ganhar o seu dinheiro.


Dona Magnólia é muito conhecida em Iporá por sua luta, sua disposição de mãe e de avó, a cuidar da família... Por meio dessa pessoa simples homenageamos as mulheres no dia delas. Mulher é sinônimo também de luta! Magnólia é isso. Mulher é fibra, é esforço que não mede sacrifícios!


Parabéns a todos às mulheres pelo seu dia, especialmente àquelas que mais lutam para ganhar o pão, na defesa da família, na educação dos filhos e até no apoio aos netos.



Dona Magnólia em trabalho de juntar latinhas em evento no Lago Pôr-do-Sol, na madrugada



Dona Magnólia a buscar latinhas em apartamento em Iporá onde foram juntadas para ela.


O que achou dessa Notícia?
9 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

1 comentário

  • Adolfo de Freitas Filho 17/03/2015

    So agora consegui ler a materia, Parabenizo dona Magnólia, essa digna, honrada e honesta mulher que, já não se conta a história de Iporá sem contar sua história. Ela é a prova cabal de que, com honestidade, perseverança se cria e se ensina filhos, netos e se torna exemplo para todos nós. Agradeço ao Valdeci e Adriana que teem me ensinado muito da vida, principalmente no que se refere a falar o que se pensa e ser ouvido, ou lido.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.