Iporá, 66 anos: Uma data de aniversário para reflexões

19/11/2014
Ipora-Frigorifico-125.jpg

Ao completar 66 anos neste 19 de novembro a data de aniversário de Iporá traz à tona a reflexão sobre as virtudes desta terra e sobre as dificuldades aqui existentes.


Como a situação econômica do Brasil mudou, Iporá acompanhou esta melhoria na qualidade de vida das pessoas. Mas problemas, tanto no Brasil, como em Iporá ainda existem. Muitos!


A maior cidade da região do Oeste Goiano ainda não encontrou uma vocação econômica que pudesse fazer a grande diferença na geração de riquezas e empregos. Ainda predomina a agropecuária como maior fonte de riqueza. A pecuária de leite e de corte é o que mais traz divisas para o município. Enfim, o Frigorífico que nunca funcionara (obra que esteve em andamento desde a década de 90), está agora em atividade. Isso acrescenta mais força ao setor agropecuário.


Ainda nesse setor, no que diz respeito a pecuária de leite, o surgimento de cooperativas (Cooprol e Coomafir) valorizaram essa atividade. São virtudes recentes que passaram a somar muito para o município. Hoje, temos produtores mais motivados!


A maior conquista dos últimos anos para Iporá foi a vinda da escola federal: Câmpus do IF Goiano. E veio como exemplo da melhor conduta de nossa classe política. Foi a união suprapartidária de muitos que trouxe a escola federal que hoje é um orgulho para a cidade e para a região. A Agronomia e o Agronegócio são exemplos de cursos que valorizaram o ensino superior da região. O curso de Engenharia Civil na Faculdade de Iporá (FAI) também é avanço!


 E os problemas? Sim. Existem. Ainda são muitos. O maior deles ainda é a falta de oportunidades de trabalho. Como a economia ainda é muito restrita à agropecuária, falta opções no mercado de trabalho. A propalada industrialização ainda é só um sonho. E como a matéria prima de transformação ainda é inexistente, o surgimento de indústrias fica dificultado.


A pouca receita municipal descamba em vários outros problemas. O poder público é incapaz de resolver até problemas básicos como limpeza pública. A cidade tem muitas ruas a reclamar por asfalto, infra-estrutura básica tão exigida pelo povo. Falta vagas em creches. Enfim, são vários problemas. E problemas que existem muito mais por causa da dificuldade de receita pública do que por causa de empenho de governantes. A pouca receita pública é lamentável. E como aumentar? Isso depende de um contexto que começa com a iniciativa de cada um em saber investir inteligentemente nesta terra! Esse desenvolvimento poderá vir. Depende de todos. Inclusive, do poder público. O Marconi Perillo que foi reeleito afirma que empresários que queiram investir no Oeste Goiano terão 98% de descontos em ICMS. Puxa! Que facilidade! Tomara que apareça então estes investidores e que, mesmo numa região de pouca produção de grãos, possa existir um tipo de indústria de transformação que dê certo por aqui.


E Viva Iporá nos seus 66 anos! Parabéns a todos que ajudam a cidade a ser cada vez melhor!


 


 

O que achou dessa Notícia?
14 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

3 comentários

  • Silvio Jose 19/11/2014

    Parabéns a Iporá, cidade maravilhosa onde vivi os melhores anos de minha vida e onde mora meus melhores amigos!!!
  • CRISTIANO ROCHA DA CUNHA 19/11/2014

    Parabéns a minha amada e querida Iporá, desta sempre me orgulhou muito. Foi uma pena que precisei sair de meu seio natal para avançar um pouco mais na formação e na profissão, isso me impediu de retornar, mas, sempre que a visito, agradeço a Deus as boas oportunidades e boas pessoas que cruzaram minha vida no tempo em que ai vivi..... mais uma vez, Parabéns a Iporá e a todos que vivem nela.
  • EVERTON OLIVEIRA REZENDE 19/11/2014

    Parabéns ao editor desta matéria, real, clara, objetiva e sem ofensas.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.