O futebol como fator de união da família maçônica

11/12/2014
P1240166.jpg

Adeilton José Ferreira, Venerável Mestre da Loja Paz e Trabalho e João Batista Alves, Venerável Mestre da Loja União de Iporá

Nesta noite de quarta-feira, 10, mais uma vez a família maçônica esteve reunida em confraternização. No Clube Chico Porto, nas proximidades do Tiro de Guerra, a noite foi de jogo de futebol, com partida entre os times das duas lojas e, em seguida,  delicioso  jantar servido a todos.


Estiveram juntas as famílias das duas lojas maçônicas da cidade: União de Iporá e Paz e Trabalho.


São rotineiras as atividades conjuntas das duas lojas maçônicas. Em 6 de dezembro (5 dias antes), houve a Cavalgada Maçônica que partiu da região do Morro do Macaco em direção ao mesmo local (Clube Chico Porto). Eram 53 cavaleiros e amazonas.


Mais do que atividades de lazer e de confraternização, a maçonaria de Iporá está focada no aperfeiçoamento moral de seus membros, fortalecimento da família e em ações sociais que possam melhorar a vida das pessoas.


João Batista Alves, Venerável Mestre da Loja União de Iporá, e Adeilton José Ferreira, Venerável Mestre da Loja Paz e Trabalho, avaliam que o 2014 foi de muitas atividades proveitosas da maçonaria iporaense e eles planejam para o ano vindouro a mesma sintonia de trabalho parceiro das duas lojas.


O que achou dessa Notícia?
15 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.