Soldado Lopes, de 51 anos, é mais uma vítima fatal da Covid em Iporá

07/06/2021
joao-batista-lopes07062021.jpg

João Batista, de família tradicional em Iporá

Nesta manhã de segunda-feira, 7, a cidade de Iporá perdeu mais um de seus filhos. Desta vez a fatalidade da doença chegou nos militares, com a morte de João Batista Lopes, o soldado Lopes, de família tradicional em Iporá, com vários membros em diferentes atividades profissionais desta cidade. 


O soldado Lopes faleceu em Goiânia, no Hospital Rui Azeredo, onde esteve internado em UTI por vários dias. No meio da tarde desta segunda, um cortejo serviu de homenagem ao policial que foi sucumbido pelo vírus. Assim que seu corpo chegou da capital, familiares e amigos acompanharam o até o Cemitério São João Batista para o sepultamento. 


João Batista Lopes ingressou na PM em 10 de março de 1992, aqui mesmo em Iporá. Teve complicações renais e foi reformado na PM por problemas de saúde. Atualmente era casado com Juliana Cruvinel com quem deixa o Gael, filho do coração. Mas tem três filhas: Bharbara Wiana Lopes, Gabriella Wiana Lopes e Anna Luiza Alves Lopes. O soldado Lopes é filho de Minervina Francisca e Francisco Lopes, Irmão de Paulo César Lopes, Maria Creusa e Silva, Pedro Alves dos Santos, José Maria canjerana, Jales Lopes, Elza Lopes, Valter Lopes, Francisquinho e demais irmãos.


O valoroso profissional da segurança pública deixa saudade. Está se aproximando de 100 o número de vítimas fatais da pandemia.

O que achou dessa Notícia?
21 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

1 comentário

  • CRISTIANO ROCHA DA CUNHA 08/06/2021

    Condolências à toda família e amigos.

Comente