Caiado diz que brasilidade faz com que Goiás abra as portas para pacientes de outros estados

02/05/2020

O governador Ronaldo Caiado sinalizou nesta quinta-feira, dia 30, em live aos veículos de comunicação da Agência Brasil Central (ABC) que o sentimento de nacionalidade e de brasilidade deve imperar neste momento em que o país vive a grave pandemia da Covid-19, observando que a estrutura hospitalar do Governo do Estado estará aberta a receber pacientes de outros estados da federação.


“É o momento de termos um sentimento maior no país, de nacionalidade, de brasilidade. Precisamos diminuir o enfrentamento entre os estados, que passa a ser secundário e não o principal. Nós temos é que salvar vidas”, assegurou, acrescentando que conversou hoje com o governador do Amazonas, Wilson Lima, e ficou muito sensibilizado.


Na apresentação diária que sempre faz na live, ele informou que Goiás hoje está com 781 casos confirmados, a maioria em Goiânia, e com 29 óbitos ao todo; mostrou grande preocupação com o crescimento de casos em Aparecida de Goiânia, agora com 50 casos de infectados com o novo coronavírus. Disse que vai entrar em contato com o prefeito Gustavo Mendanha, que é seu parceiro e uma pessoa prudente, para que ele possa ponderar e monitorar, com maior controle, com o objetivo de que essa progressão de casos não se verifique daqui para a frente.


Informou que conversou há pouco com o ministro da Saúde, Nelson Teich, para que o Ministério continue com a política de pagar todos os leitos habilitados para o tratamento da Covid-19. “Em Goiás, está na Assembleia Legislativa para ser aprovado, o valor de R$ 351 milhões para estruturarmos seis hospitais que estamos organizando para receber pacientes de todos os lados. Também pedimos a ele que o Ministério da Saúde faça uma transferência de todos os equipamentos, como também de ventiladores e monitores, de acordo com um mapa epidemiológico, olhando a gravidade, mas sem deixar de olhar para aqueles estados que primeiro tomaram a iniciativa e restringiram o crescimento de casos, como fizemos aqui”, assinalou Caiado.


Aniversário de Gracinha
A live de hoje contou também com a participação da aniversariante do dia, a primeira-dama Gracinha Caiado, que enalteceu todos da sociedade goiana que têm colaborado e ajudado, com doações e participação, no trabalho de provimento com dignidade da população mais carente de Goiás, que ela informou está em quase 2 milhões de pessoas, aproximadamente 800 mil famílias.


Ela disse que tem orgulho de Ronaldo Caiado como pai, médico e como governador, que tem feito dos goianos a sua família e acrescentou que ele está abrindo Goiás para atender pacientes de outros estados com muita cautela, com a sublime intenção de estender a mão aos brasileiros que mais necessitam neste momento.


“Quero que tenham consciência que a aflição que atinge você também atinge a nós, a nossa casa, ao governador, atinge a mim. Como governador de Goiás, Ronaldo precisa olhar para 7,2 milhões de goianos que estão esperando a decisão dele”, afirmou Gracinha, acrescentando que o povo goiano é solidário e é responsável com o próximo e por isso mesmo fez o isolamento no momento certo e que tem ajudado Goiás a figurar entre os estados de melhor performance no combate à pandemia da Covid-19 no Brasil.


Sem distinção política
O governador reiterou que o trabalho social de combate à pandemia e de auxílio aos mais carentes de Goiás é feito sem distinção do ponto de vista político e partidário. “Temos que mostrar que política tem sua hora. Fora dela, temos que acabar com a mesquinharia. Campanha é campanha e agora não é hora disso” sentenciou, observando também que as pessoas estão ansiosas, porque nunca houve algo tão destrutivo e imprevisível quanto esse vírus. “Temos que tentar, sem ser dono da verdade, ter acesso a mais informações para levar protocolos e parâmetros para dar garantia ao povo de Goiás e acalmar o coração das pessoas”, sinalizou.


Ele falou ainda sobre o trabalho que a Codego está fazendo nesse período, expandindo o parque industrial de Goiás, com a entrega de área do Governo de Goiás para a 3ª etapa no Daia, para a absorção de mais 3 mil empregos com as empresas que se instalarão lá.


E citou outras que também já estão se instalando no Estado: Sorvetes Vilela, em Rialma; SAS, em Abadiânia; Anápolis, empresa de nanotecnologia, uma indústria de pré-moldados, a Lotus Logística, a MG Steckelberg e Pérola Alimentos; Catalão, Transcompa e a Flávio Ferreira; Goianésia, Carneiro Soldas e tintas Daniel Alves Rodrigues; Itumbiara, A Camargo (expandindo), Cetrix, a FR Adubos e Fertilizantes e também a Recicla; Morrinhos, Brasquímica produtos asfálticos, Ecoplastic de PVC, Marcelo Venturini e a Relf Engenharia Paulo Guimarães; Rio Verde, Fernandes Ribeiro e a Jaine Silva de mecânica; Senador Canedo, VP Reciclagem; e distritos industriais que estão sendo implantados em Cavalcante, Santa Terezinha de Goiás e de Santo Antônio do Descoberto (este com mais de 9 milhões de metros quadrados e que será o maior do Estado).


Ao final, o governador falou sobre as vídeo-aulas, que vão se reiniciadas na próxima segunda-feira, em dois horários, manhã e tarde, em parceria da Secretaria da Educação do Estado e a Televisão Brasil Central e as rádios Brasil Central AM e RBC FM, observando que essa interação é importante nesse momento em que não há aulas presenciais, e da 3ª parcela do auxílio alimentação, atendendo 105 mil alunos, que já está sendo repassada. Fez um agradecimento aos comunicadores de Goiás na pessoa do coordenador de Rádio da ABC, Cláudio Vincié, por seu trabalho “dedicado, humilde, prestativo e atencioso”.


Aproveitou também para parabenizar o trabalhador pelo seu dia comemorado amanhã, 1º de maio. “Em decorrência da pandemia não vai ser possível um evento público. Faço meu reconhecimento, em nome dos goianos, a todos os trabalhadores que sustentam ao Estado e geram riqueza e impostos. No nosso governo não transigimos da transparência e da ética”, sentenciou.


ABC Digital

O que achou dessa Notícia?
1 voto
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.