Polícias Penal e Militar prendem quadrilha do drone

01/03/2021

A ação conjunta das Polícias Penal e Militar, por meio do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope) e Grupo de Rádiopatrulha Aérea (Graer) prendeu , neste final de semana, nos dias 27 e 28/02, suspeitos de integrar uma quadrilha responsável por utilizar drones em tentativas de lançamentos de ilícitos, para dentro da Casa de Prisão Provisória (CPP) e Penitenciária Coronel Odenir Guimarães , em Aparecida de Goiânia. Com os presos foram apreendidos uma arma de fogo, facas, 50 peças de substância análoga à maconha, drone e outros equipamentos utilizados durante os arremessos. 


Diante das diversas interceptações dos lançamentos oriundos desse tipo de modalidade, nas unidades localizadas no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, especialmente as tentativas das últimas quinta e sexta-feiras, Policiais Penais do GOPE iniciaram a monitoração dos suspeitos. 


Mediante troca de informações com a Inteligência da equipe do Graer foi possivel chegar à localização dos três homens e da mulher envolvidos nos casos citados. 


Diante do flagrante, a mulher de 44 anos, dois jovens de 29 anos e um quarto suspeito de 33 anos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias que a ocorrência requer. 


Após verificações de dados foi constatado que a mulher presa possui grau de parentesco com um preso da CPP. A mesma é mãe de um custodiado de 22 anos que cumpre pena por tráfico de entorpecentes naquela unidade. Ele foi preso em 2020 por equipes do Gope e Graer em ocasião similar. O Diretor-geral de Administração Penitenciária, que comanda a Polícia Penal de Goiás, Tenente-coronel Rasmussem coordenou a operação de prisão da quadrilha e ressaltou a eficiente ação das forças envolvidas. “ O esforço conjunto de forças de segurança pública tem conseguido dar as respostas que o Governo de Goiás determinou e, no sistema penitenciário, temos sido rigorosos no cumprimento dessa ordem”,  disse. “ O GOPE da Polícia Penal e o Graer da PM estão de parabéns pela reposta rápida dada”, completou ele. 


Entenda os fatos


No último sábado, servidores penitenciários interceptaram um lançamento de ilícitos para dentro da Casa de Prisão Provisória. Desta forma, conforme determina as diretrizes do Governo do Estado, em consonância com a Secretaria de Segurança Pública de Goiás, de imediato foram seguidos procedimentos operacionais ,sendo realizada a comunicação do fato às forças coirmãs para os serviços adequados, assim ampliando o combate ao crime dentro de unidades prisionais. 


No compartilhamento de informações foi identificado um veículo utilizado pelos suspeitos. Diante da abordagem, o jovem tentou quebrar um celular utilizado para a comunicação entre os integrantes da quadrilha. 


O abordado, assim colaborou com as forças de segurança indicando as demais localizações dos envolvidos.


A ação integrada de forças de segurança segue medidas estabelecidas pelo Governo do Estado, em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública de Goiás. 


Fonte: Comunicação Setorial da Polícia Penal - Governo de Goiás

O que achou dessa Notícia?
0 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.